Ronda Coronavírus: Comércio é fechado no Rio de Janeiro

74 novos casos são confirmados no estado. Paralisação no comércio ainda não é refletida na Maré. Yoga na Maré oferece aula gratuita.

São 314 casos confirmados do novo coronavirus no Rio de Janeiro até a noite desta terça-feira, 24 de março. Apesar da recomendação do prefeito sobre o fechamento do comércio na cidade, ainda não há adesão da decisão na Maré. É tímida a mudança de comportamento dos moradores. Presidentes das associações de moradores irão se reunir ainda essa semana com representantes de organizações locais para pensar em estratégias e medidas para fortalecer o combate à disseminação do covid-19 no território.

Ainda não há confirmação de pessoa contagiada na Maré segundo às secretarias de saúde. Nos últimos dias, circulou uma “fake news” em grupos de WhatsApp que um morador da Rua Meireles, no Morro do Timbau, havia contraído Covid-19 e estava circulando constantemente pelas ruas. O rapaz procurou nossas mídias para comunicar que apesar de apresentar os sintomas, ele não havia testado positivo e estava seguindo às recomendações médicas de isolamento. É muito importante que a população tome todos os cuidados para não compartilhar fake news, sobretudo nas favelas, onde infelizmente há possibilidade de grande propagação.

Na cidade e também na Maré, as pessoas têm buscado alternativas para aliviar o estresse durante a pandemia. O Yoga na Maré, iniciativa que realiza aulas de Yoga gratuitas para os moradores, irá promover uma aula online, pelo Instagram nesta quarta-feira (25), às 14h. A prática de yoga garante redução da frequência dos batimentos cardíacos; alívio do stress e da irritabilidade; melhoria da qualidade do sono e diminuição da insônia; aumento da capacidade de concentração; bem-estar físico e mental.

Redes da Maré lança campanha de arrecadação para apoio à moradores que sejam impactados durante a pandemia. Serão coletados alimentos, produtos de higiene e recursos financeiros. As doações serão destinadas à famílias em situação de vulnerabilidade já atendidas pelos projetos da Redes da Maré, pessoas que procurem a Redes da Maré ou que sejam encaminhadas pela rede de parceiros, usuários do Espaço Normal (Centro de Referências sobre Drogas da Maré): população com dependência de álcool e outras drogas que, em parte, vive em situação de rua e trabalhadores informais que não possuem renda regular. Saiba mais: http://redesdamare.org.br/br/quemsomos/coronavirus 

Você pode contribuir com nossa ronda! Envie informações sobre o que está rolando sobre o novo coronavírus na sua região para às nossas mídias sociais @MarédeNotícias ou @RedesdaMaré ou para comunicacao@redesdamare.org.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui