Pastor evangélico Milton Ribeiro é o novo ministro da Educação

Ribeiro será o quarto ministro a comandar a pasta em um ano e meio de governo Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (10) por meio de uma rede social que o professor e pastor evangélico Milton Ribeiro é o novo ministro da Educação. A nomeação foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União (DOU). Ribeiro será o quarto ministro a comandar a pasta em um ano e meio de governo Bolsonaro. Os antecessores são Ricardo Vélez Rodríguez, Abraham Weintraub e Carlos Alberto Decotelli. O novo ministro da Educação é militar da reserva do Exército e pastor da Igreja Presbiteriana de Santos.

Dados da Covid-19

O estado do Rio de Janeiro tem registrado até esta sexta-feira (10), 129.443 casos confirmados e 11.280 mortes por Covid-19. Há ainda 1.073 mortes em investigação. Na capital fluminense são confirmados  64.027 casos e  7.254 mortes Só nas favelas da cidade maravilhosa são 4.233 casos e 641 mortes, de acordo com Painel Unificador das Favelas do Rio, que contabiliza  suspeitos e confirmados a partir de um canal direto com a população. O Conjunto de Favelas da Maré é a comunidade carioca com o maior número de casos e mortes: 1.275 casos e  112 mortes.

Painel dos Invisíveis

Desde que a Covid-19 chegou ao Rio de Janeiro em março, a cidade tem visto uma curva ascendente sem sinais de estabilização. O impacto é particularmente sentido por moradores de favelas e periferias, onde uma imensa lista de fatores contribui para a transmissão e letalidade do vírus, como a histórica negligência do poder público, falta d’água, de geração de renda, de testagem e cuidados médicos, alta densidade dentro das moradias, entre outros. Diante desta realidade, diversos coletivos estão monitorando e identificando casos por iniciativas próprias, como o boletim De Olho no Corona!, da Redes da Maré. Semanalmente, um tema é proposto para o lançamento dos dados identificados pela equipe da organização. A partir dele, o Maré de Notícias produziu o Painel dos Invisíveis, um mapa das 16 favelas da Maré com seus respectivos casos e mortes suspeitas de Covid-19. O lançamento do Painel foi tema de uma live no Facebook. Confira aqui.

Caixa Eletrônico sem dinheiro

Muitos mareenses estão apreensivos com a fila enorme do Caixa Eletrônico perto a Avenida Brasil, próximo à Rua Bittencourt Sampaio, na Nova Holanda. A situação se repete com frequência e se agrava em dias de recebimento do auxílio emergencial. Moradores relatam que não são poucas as vezes que o dinheiro disponível nos caixas para saque acaba, em especial, nesses dias de pagamento do auxílio do governo.

Atendimento à população em situação de rua

O projeto Atenda realiza um trabalho de articulação com saúde e assistência para o cuidado às pessoas em situação de rua e usuários de crack e outras drogas do Centro de Atenção Psicossocial (Caps Ad III) Miriam Makeba. A iniciativa começou em 2017 na Maré, e em tempos de pandemia, o atendimento nas ruas e vielas das favelas mareenses tem sido fundamental. Nesta quinta-feira (09) a equipe atendeu a população em situação de rua que se encontrava na Rua Sargento Silva Nunes, na Nova Holanda, distribuindo máscaras e encaminhando os que tinham necessidade para a Clínica de Família Jeremias Moraes da Silva. O trabalho é feito às terças e quintas-feiras.

Reabertura X aumento de casos

A reabertura gradual das atividades econômicas na cidade e, consequentemente, nas favelas fez Ana Cláudia, Manipuladora de Alimentos e moradora da Nova Holanda, se surpreender com o aumento de mortes na Maré assim que as pessoas relaxaram nas medidas de isolamento social. “O comércio é algo de extrema necessidade, porém queria que nós tivéssemos plena consciência de fazer um bom uso do ambiente. Agora, o comércio está liberado, mas mesmo assim vamos tentar manter o distanciamento e a máscara”, aconselha Ana.

AMARÉDECASA

O projeto A Maré de casa está com votação aberta para a escolha de fotos. O projeto recebe fotos das janelas dos moradores das 16 favelas da Maré. As fotos com maior número de votos ganham prêmios a cada mês.  O site, além do seu voto, está recebendo contribuição para a próxima edição. 

Dicas Culturais

O rapper Black Alien, que acaba de lançar o disco Babylon by Gus Vol. 1 – O Ano do Macaco (Ao Vivo), estreia hoje à noite nas lives. A apresentação visa arrecadar fundos para a equipe do músico e para o projeto Backstage Invisível. Na programação do Sesc, transmitida pelo YouTube, hoje tem show de Roberta Campos, amanhã de Virgínia Rosa e, no domingo, de Margareth Menezes. 

No festival #CulturaEmCasa, o duo de Lívia Nestrovski com Fred Ferreira se apresenta hoje e amanhã é a vez da cantora Angela Ro Ro. Os atores Silvero Pereira e Gyl Giffony realizam o espetáculo Metrópole On-line hoje e amanhã pelo Centro de Artes da UFF.

Nenê do Zap

Não é incomum que os bebês coloquem mãos e pés na boca boa parte do tempo. Mas isso pode significar muito mais do que se imagina. Fique ligado na dica de hoje do Nenê do Zap.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui