Ronda Coronavírus: 50 dias de novo vírus no Brasil e ministro é demitido

 Rocinha alerta para possibilidade de subnotificação. Prefeitura inicia entrega de cartões cesta básica para alunos.

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou nesta quinta-feira, 16 de abril, que registra, até o momento, 3.944 casos e 301 óbitos por coronavírus. Há ainda 130 óbitos em investigação. São 2.659 casos apenas na cidade do Rio de Janeiro. Na Maré, até o fechamento deste texto, são cinco casos confirmados e dois óbitos, de acordo com o Painel Rio Covid-19. Apesar disso, muitos comércios seguem com funcionamento normal na Maré, e com isso, pessoas nas ruas. A  Rocinha, primeira favela a testar positivo para o novo coronavírus no Rio de Janeiro, é também a que tem mais casos: 36 confirmados e três óbitos.

As autoridades médicas alertam para o grande pico de casos que devem ser registrados nas próximas semanas. O Jornal Fala Roça divulgou uma matéria que evidencia que em três dias, 50% de pacientes de clínica particular testaram positivo para Covid-19 na Rocinha e esses números não foram computados pelo painel que informa os casos com informações das secretarias de saúde. As secretarias municipal e estadual de saúde informaram em nota que o resultado dos testes de Covid-19 tem levado, em média, 48 horas para saírem. Depois disso, os mesmos são computados no Painel Rio Covid-19 .

“Escolha são inevitáveis”

Na tarde desta quinta-feira, 16 de abril, marco de 50 dias do primeiro caso do novo coronavírus no Brasil, o Governo anunciou a demissão de Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde. O presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro vinham tendo divergências publicamente sobre as estratégias e posicionamento do governo federal diante à pandemia, inclusive sobre o distanciamento social. O oncologista Nelson Teich foi anunciado pelo presidente como o novo ministro. Circula nas redes sociais um vídeo de Nelson que fala sobre a possibilidade de escolha sobre o investimento para recuperação de pessoas infectadas, no vídeo, o oncologista fala em preferenciar jovens à pessoas idosas. 

Cartões cesta básica

A prefeitura do Rio iniciou nesta quarta, 15 de abril, a entrega dos cartões para compra de alimentos para os alunos da rede municipal de ensino. Foram entregues cartões para alunos residentes na Cidade de Deus e Gardênia Azul, zona oeste da cidade. A Secretaria Municipal de Educação lançou em suas redes sociais e site o link https://cartao-alimentacao.apps.rio.gov.br para que responsáveis de estudantes possam se inscrever e solicitar o Cartão Cesta Básica. As famílias de alunos contempladas neste primeiro momento foram de cadastrados em programas sociais, informa a assessoria da secretaria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui