Ronda Coronavírus: Brasil é o país do G-20 com mais casos por milhão de pessoas

Mesmo com queda de números de casos, cidade do Rio tem sobrecarga em leitos de UTI

No domingo (13) o Brasil tornou-se o país com a maior taxa de mortalidade entre as 20 maiores economias do mundo, o G-20, totalizando 613,46 mortes por milhão de habitantes, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde). O cálculo da  taxa de mortalidade é feito com o número total de mortes por covid-19 dividido pelo número da população do país.

A OMS registrou no último domingo (13) um novo recorde no número de novos casos no mundo, com 308 mil infecções em 24h. A última marca foi no domingo anterior, com 307 mil novos casos. Também foi registrada pela OMS a morte de 5.500 pessoas de domingo para segunda-feira. O Brasil hoje tem o terceiro maior número de casos registrados, atrás apenas de Estados Unidos e Índia, totalizando 4.345.610 brasileiros infectados e 132.006 que morreram em decorrência da covid-19.

No estado do Rio, mesmo apresentando queda na média móvel do número de mortes por covid-19, a taxa de letalidade (número de mortes dividido pelo número de casos) permanece alta no estado, de acordo com o boletim Observatório Fiocruz Covid-19,  de 30 de agosto a 05 de setembro. Uma das razões é sobrecarga no sistema de saúde, por apresentar 82% de ocupação de leitos de UTI na capital, resultado que pode ser atribuído também à desativação dos hospitais de campanha. Até a segunda-feira (14) foram registrados 242.811 casos e 17.003 mortes confirmadas no estado pelo novo coronavírus.

Covid-19 na Maré

Moradores da Maré relataram que o final de semana foi de bastante movimento nas favelas, com a realização de bailes funks, feiras de rua e  muita gente andando sem máscara e não respeitado o distanciamento social. É preciso lembrar que apesar dos números terem diminuído, a pandemia ainda não acabou e é necessário manter os cuidados nas ruas. Desde o início da pandemia, a Maré registrou 1667 pessoas com coronavírus e 92 mortes. Na última semana, foram registrados pelo boletim De Olho no Corona! 20 novos casos ativos da doença no território.

Corrida pela vacina

Até a próxima quarta-feira (16) pode ser oficializada entre Instituto Butantan e Ministério da Saúde vacina que será disponibilizada para o Sistema Único de Saúde (SUS). A CoronaVac está sendo desenvolvida por laboratório chinês Sinovac Biotech em parceria com o instituto paulista.

Já a Fiocruz, no Rio de Janeiro, começa em outubro a fazer testagens em profissionais com a vacina BCG, de prevenção de tuberculose, para verificar a sua eficácia para covid-19. Segundo pesquisadores da Fiocruz, foram realizadas pesquisas na Austrália que comprovaram a eficácia do imunizante contra outras infecções respiratórias virais. Entretanto, ainda não se tem essa comprovação para a covid-19.

Retorno de espaço culturais

Como parte da fase 6A do plano de retomada da cidade, cinemas, teatros e anfiteatros do município retomam o seu funcionamento a partir do dia 14 de setembro, com metade da capacidade. Além disso, será proibida a venda de bebida e comida nesses espaços. Para o melhor funcionamento, os assentos serão numerados, respeitando o distanciamento e as medidas de higienização entre as sessões. 

Em matéria para o Maré de Notícias, produtores culturais contaram sobre o setor durante a pandemia e como os profissionais precisaram se adaptar criando conteúdos on-line para diminuir os impactos da pandemia, sem o apoio do Estado. Confira no texto de Flávia Veloso aqui

Ações da Prefeitura

Nesta segunda-feira (14), a prefeitura realizou ação de desinfecção diversas favelas da cidade, entre elas a Baixa do Sapateiro. Na ação, foram higienizados locais de grande circulação de pessoas, como vias principais, entorno de hospitais e unidades de saúdes, entre outros.

No final de semana, a prefeitura multou 14 estabelecimentos – 12 deles por aglomeração – e interditou outros sete por descumprimento das medidas do plano de retomada de atividades na cidade.

Nenê do Zap Para o desenvolvimento dos nenês, é importante reforçar a comunicação. É sempre bom aproveitar os momentos para conversar com os pequenos. Confira na dica de hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui