Ronda Coronavírus: Finais de semana de praia cheia e aumento do número de casos

Aprovação do Fundeb na última semana de agosto garante direito à educação na Maré

Mesmo com a permissão do banho de mar e proibição de se permanecer nas areias, o que se viu no Rio de Janeiro no final de semana foram praias cheias e população ocupando grandes faixas de areia. Diferente do projeto de cercadinho que foi proposto no início de agosto, que visava evitar aglomeração, a imagem que se viu parecia de um final de semana de uma cidade sem pandemia. Mas esta não é a realidade: nesta segunda-feira foram confirmados mais de 223,6 mil casos e 16 mil mortes no estado, segundo Secretaria de Estado de Saúde. 

Desde o início da pandemia, o país registrou 3.862.116 ocorrências e 120.896 mortes por Covid-19. A média móvel de mortes do país é de 875 vítimas por dia, a menor desde 21 de maio. Enquanto os números de novos casos e mortes e as médias móveis nacionais tendem a diminuir, a do estado do Rio segue em tendência de alta. No dia 30 de agosto, a média registrada foi de 1.764 infectados e 105 vítimas da Covid-19. Um aumento de 55% em relação a 14 dias.

Covid-19 nas favelas

As favelas do Rio somam, até o momento, 10.157 casos confirmados e 1.477 mortes pelo novo coronavírus, segundo Painel Unificador Covid-19 nas Favelas do Rio. A Maré tem 559 casos confirmados e 92 mortes, de acordo com o painel da Prefeitura. Além dos números oficiais, o conjunto de 16 favelas ainda tem 1.086 casos sem confirmação e 34 mortes sob suspeita de Covid-19, segundo o boletim De Olho no Corona!, da Redes da Maré. Mesmo com o aumento dos números, final de semana foi de aglomeração e de eventos pela Maré.

Avanços na garantia de direito à educação na Maré

A aprovação do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é uma vitória para a educação pública no Brasil! Divulgamos um texto sobre como a nova lei beneficia a educação na Maré. Acesse aqui para ler o texto completo.

Atendimento On-line Redes da Maré

A organização da sociedade civil Redes da Maré lançou uma plataforma on-line para fazer o atendimento das demandas da população da Maré de maneira mais ágil. Neste canal, os atendentes respondem sobre dúvidas da campanha, direcionam para o   Maré de Direitos, atendimento sociojurídico e informam sobre o funcionamento da organização nesse período em que os equipamentos estão fechados. O atendimento é feito exclusivamente pelo WhatsApp no número (21) 99924-6462. O atendimento  presencial acontece às terças e quintas-feiras, entre 14h e 17h, no prédio do CIEP Gustavo Capanema, , na Vila dos Pinheiros.

Luta na contramão da invisibilidade

Agosto é o mês em que se marca o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua, tema importante para o trabalho desenvolvido pelo Espaço Normal, projeto referência no assunto da  Redes da Maré. Confira o artigo sobre o contexto e a atuação do  projeto, incluindo as ações que foram criadas para seguir o atendimento mesmo com a pandemia. Leia aqui e fique por dentro!

O direito à praia

Moradores de favelas e periferias sabem as dificuldades de se chegar à praia. O Maré de Notícias está produzindo um vídeo sobre o direito à praia, diante das recentes alternativas apresentadas pela prefeitura do Rio como medidas de isolamento social. A equipe está recolhendo relatos para compor a reportagem. Conte a sua história! Acesse e veja como colaborar!

Nenê do Zap

Será que só os adultos pegam Covid-19? O Nenê do Zap estava com essa dúvida e resolveu conversar com a médica Ana Escobar para saber como os responsáveis podem cuidar dos nenês para que eles não fiquem doentes. Confira na dica de hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui