Ronda Coronavírus: Número de casos de coronavírus no mundo dobrou em seis semanas

Até a primeira quinzena de agosto Rússia pode ter uma vacina aprovada para testes

Ao longo de seis meses de pandemia, o mundo tem mais de 16,7 milhão de casos confirmados do novo coronavírus. Levou um mês e meio para que esse número dobrasse, pois em 15 de junho chegamos à marca de 8 milhões de casos. Os números indicam que de forma muito rápida, mais pessoas estão se contaminando pelo mundo, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Gebreyesus. 

A tendência no Brasil é parecida: o aumento de casos no país tem sido mais acentuado que o de mortes por Covid-19. Entretanto, o país segue com mais de mil mortes por dia. Nessa quarta-feira, 29 de julho, o país registrou mais de 2,5 milhões de casos e mais de 90 mil mortes pelo novo coronavírus, de acordo com veículos da mídia. 

Covid-19 no Rio

O estado do Rio tem hoje mais de 161 mil casos confirmados e mais de 13.100 mortes por coronavírus, sendo essas mais de 70 mil casos apenas na capital, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde. A Maré tem hoje 423 casos confirmados e 86 mortes por coronavírus, segundo dados do Painel Rio Covid-19, da Prefeitura. 

Vizinho à Maré, Bonsucesso, com os seus mais de 18 mil habitantes (de acordo com o Censo 2010), tem mais que o dobro de números de casos das 16 favelas, com 878 pessoas infectadas, além das 123 vítimas de Covid-19. Entretanto, a circulação de pessoas nas ruas de Bonsucesso é bastante alta, não refletindo um possível medo de seus moradores de se contagiar. O que pode significar que os casos da Maré, Complexo do Alemão e Manguinhos, ambas com baixos números, seguem sendo contabilizados como casos de Bonsucesso.

Corrida pela vacina

Após o anúncio de duas candidatas a vacinas da Covid-19 na última semana, a Rússia comunicou que pode ter uma vacina que pode ser aprovada na primeira quinzena de agosto. Os testes em massa irão acontecer durante o processo de aprovação e caso a vacina seja aprovada, profissionais da área de saúde do país serão imunizados. A produção em massa da vacina acontecerá a partir de setembro. Desenvolvida pelo Instituto Gameleya, localizado em Moscou, pesquisadores pretendem produzir até 200 milhões de doses do imunizador até o final de 2020, sendo 15% das doses destinadas à Rússia.

Comerciantes da cidade

A reabertura dos serviços não essenciais na cidade do Rio não foi suficiente para que comerciantes obtivessem lucro durante o mês de julho. Ao contrário, aqueles que não conseguiram se adaptar ao comércio virtual vão ser obrigados a encerrar os serviços.  Segundo entidades de lojistas, o índice de desemprego no estado aumentou, e já era o mais alto do país, e o receio do contágio são as justificativas para a queda do comércio. 

Na Maré, comerciantes relataram que o comércio estava com pouco movimento e com a grande quantidade de pessoas desempregadas, a reabertura não causaria tanto impacto na movimentação financeira quanto antes da pandemia. Leia mais aqui.

Nenê do Zap

Sempre tem uma briguinha ou outra entre irmãos e irmãs e são aqueles e aquelas que cuidam dos pequenos que precisam controlar a situação e mostrar para os nenês que é melhor todos ficarem numa boa. Confira a dica de hoje do Nenê do Zap sobre o relacionamento com irmãos e irmãs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui