O Maré de Sabores e a memória da Maré na ceia de Natal

Foto: Berg

O Maré de Sabores e a memória da Maré na ceia de Natal

Incentivando a geração de renda de mulheres mareenses, o projeto conta com buffet para festas de final de ano, que pode ser encomendado até 19/12.

Pelos estudantes Bianca Ottoni, Flavio Herculano e Sthefani Maia, vinculados ao projeto de extensão Laboratório Conexão UFRJ, parceria entre o Maré de Notícias e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 17/12/2021 às 19h

O Maré de Sabores é um projeto da Redes da Maré, com sede na Casa das Mulheres da Maré. Por meio dele, mulheres mareenses  fazem oficinas de gastronomia, auxiliar de cabeleireiro e também recebem palestras sobre gênero. E foi justamente a partir das oficinas que surgiu o buffet, um negócio autossustentável que além de eventos, faz entrega domiciliar para diversos bairros do Rio de Janeiro. O cardápio é recheado com a memória alimentar da Maré – inclusive nesse Natal. O catering (fornecimento de alimentos para eventos) para instituições, universidades e demandas privadas, além de kits corporativos para presentear.

Michele Nogueira Gandra, nascida e criada na Maré, participou da primeira oficina e atua há 11 anos no Maré de Sabores. Hoje é chefe do buffet e da coordenação com Mariana Aleixo. Esta foi a primeira experiência profissional da mareense, que ressalta a importância de aprender e compartilhar vivências com outras mulheres, bem como terem a possibilidade de geração de renda por meio da gastronomia.

“As mulheres sempre cozinharam, mas sempre naquele local de cozinha doméstica. Temos então a intenção de estimular as mulheres a ocuparem esse espaço, mesmo sabendo que a batalha é dura e tem todo um processo”.

Michele Nogueira Gandra , chef Buffet Maré de Sabores

Atualmente, Michele também é instrutora dos módulos avançados de gastronomia. Segundo ela, a troca entre as participantes do projeto é muito importante, principalmente para que as mulheres descubram seu papel de protagonistas. O Maré de Sabores, junto com a Casa das Mulheres, busca justamente pensar nessas estratégias e ações para melhorar a qualidade de vida das mulheres mareenses.

Claude Troisgros, chef francês em visita à Casa das Mulheres, onde fica o Buffet Maré de Sabores. Foto Douglas Lopes

Presença da cultura nordestina

Focado no resgate da cultura alimentar da Maré, que inclui a memória culinária do Nordeste, o  projeto promove hábitos alimentares saudáveis, orgânicos e deixa os ultraprocessados de lado.  Segundo o Censo da Maré, o conjunto de favelas  tem 25,8% dos moradores com raízes nordestinas. Na formação, as mulheres também participam de oficinas sobre Gênero e Cidadania e Empreendedorismo, nas quais refletem sobre o lugar que ocupam na sociedade e também aprendem estratégias profissionais, como abrir seus próprios negócios. Já são cerca de 800 mulheres formadas em gastronomia ao longo da existência do projeto.

Adriana Moreno, chef e instrutora do Maré de Sabores em atividade. Foto: Elisângela Leite

Uma dessas mulheres é Adriana Moreno, baiana que está no Rio há 20 anos e atualmente mora na Vila do Pinheiro. Participando há 5 anos do projeto, hoje ela é cozinheira, chef e instrutora do Maré de Sabores. A baiana já possuía experiência com eventos, mas teve no projeto o primeiro contato com a gastronomia. Segundo ela, a presença da cultura nordestina no cardápio é muito importante, pois possibilita a reprodução dessa culinária e traz um caráter diferenciado para o serviço – pode-se notar pratos como carne de sol (curada na casa), baião de dois, cuscuz, entre outros. “Algumas receitas, inclusive, eu trouxe da Bahia”, diz Adriana.

Michele também destaca a relevância de trazer esse aspecto para o projeto, que está localizado no Parque União, o maior núcleo de pessoas nordestinas na Maré. Ao elaborar o cardápio, o assunto é levado em conta por elas, assim como garantir que o processo seja artesanal. “Quando lançamos o cardápio, ouvimos muito umas as outras. Tem referência delas, vivência delas [participantes do projeto]”.

O Maré de Sabores foi reconhecido em 2021 ao entrar na lista “50 Next” da organização “The World’s 50 Best Restaurants” (“Os 50 Melhores Restaurantes do Mundo”, em tradução livre) junto a Mariana Aleixo, coordenadora do projeto, por transformar a vida de mulheres através da comida e projetar ações para moldar o futuro da gastronomia.

Cardápio de Natal e Réveillon

Elaborado a partir de memória afetiva mareense, o cardápio de final de ano do Maré de Sabores é pautado em cima das vivências das próprias mulheres que trabalham no projeto e tem opções de ceia como pernil, chester, pato e lombo. Há também sugestões para quem busca um presente natalino feito com muito carinho e dedicação, além de contribuir para uma cadeia de sustentabilidade que impacta diretamente na melhoria da qualidade de vida de mulheres da Maré. As encomendas poderão ser feitas até dia 19 de dezembro e são entregues diretamente na sua casa ou evento.

Contatos para encomendas Maré de Sabores:

Fontes:
Entrevista com Mariana Aleixo no Maré de Notícias:
https://mareonline.com.br/cria-da-mare-mariana-aleixo-tempera-gastronomia-com-impacto-social/ 

Sobre o Maré de Sabores: https://www.redesdamare.org.br/br/info/16/mare-de-sabores

The World’s 50 Best Restaurants: https://www.theworlds50best.com/50next/list/2021/empowering-educators/mariana-aleixo

 

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

mareonline

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.