Quem somos

O Maré de Notícias é  uma iniciativa da Redes da Maré, instituição da sociedade civil que produz conhecimento, elabora projetos e ações para garantir políticas públicas efetivas que melhorem a vida dos moradores das 16 favelas do complexo há mais de 20 anos.

 

O jornal nasceu em 2009, com tiragem de 50 mil exemplares e se consolidou como a principal oferta de informação dos 140 mil moradores do conjunto das 16 favelas da  Maré. Nosso modelo de distribuição é inédito no Brasil: feito em parceria com o Espaço Normal – projeto da Redes da Maré referência no atendimento à população em situação de rua e usuários de crack e outras drogas – desenvolvendo inserção social e visibilidade a uma população historicamente esquecida pela sociedade.

Em 2017 ganhou a versão online com produção de conteúdo diário com as temáticas já abordadas no impresso – aquelas  promovem cidadania e são instrumento de desenvolvimento sustentável da Maré, em áreas como saúde, meio ambiente, mobilidade urbana, direitos humanos, segurança pública, economia e comportamento.

O Maré de Notícias dá visibilidade aos acontecimentos da Maré, e também àqueles que impactam a vida dos 140 mil mareenses. Compartilhe nossas matérias, reportagens e vídeos, mas não se esqueça de nos dar o crédito. Ajude-nos nesta rede.

Nossa Visão

Ser referência de comunicação comunitária junto aos moradores das 16 favelas da Maré, para as instituições públicas e privadas, não governamentais, formadores de opinião, profissionais comunicação como um veículo que atua na construção de novas narrativas que ampliem a visão sobre a população de favelas e periferias numa perspectiva de efetivação de direitos  básicos e fundamentais desse contingente populacional.

Nossa Missão

Produzir e difundir conteúdos e narrativas que mobilizem e contemplem os moradores das 16 favelas da Maré  a partir do seu protagonismo  e potencial de forma a superar as representações negativas e preconceituosas comumente veiculadas nas mídias hegemônicas sobre as favelas e  periferias. Instrumentalizar o morador com informação de qualidade visando uma opinião crítica para preservação e conquista de direitos, com linguagem textual acessível, fomentando ações de longo prazo capazes de gerar mudanças que impactem na qualidade de vida da população da Maré.

Quem Faz

ALINE FORNEL, SOCIAL MEDIA

Graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo na UEMG – Universidade do Estado de Minas Gerais.
De Guaíra para o mundo! Jornalista aventureira com sede de mudança, trabalhando em prol do impacto positivo e transformação social através da produção de conteúdo e mídia.

AMANDA PINHEIRO, JORNALISTA

Jornalista, cria da favela da Rocinha, pesquisadora do samba e da cultura popular, com passagens pelos jornais O Globo e Extra. Demais textos no UOL, Revista Piauí e Nexo Jornal. Com o estudo sobre o samba, fez um minidocumentário em que abordou, pela perspectiva das mulheres negras e das tias do século XIX, a história social do samba.

DANIELE MOURA, EDITORA EXECUTIVA

Nascida em Macaé, interior do Rio, é carioca de coração desde 1991. Jornalista pela FACHA – Faculdades Integradas Hélio Alonso – com especialidade em Jornalismo e Políticas Públicas e Cultura de Redes pela UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Apaixonada pela periferias e favelas do Brasil, participou de diversas coberturas em diversos veículos sobre o tema. Vencedora do  XXV Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog com um documentário sobre os desaparecidos na ditadura militar pela TV Cultura (SP). Foi repórter do Linha Direta (TV Globo); produtora de reportagem do Fantástico (TV Globo); repórter, editora e apresentadora no Jornalismo do Canal Futura, onde produziu, roteirizou  e dirigiu o documentário “Capoeira no País Leve Leve” sobre São Tomé e Príncipe, na África.  Desde 2017 é editora do Maré de Notícias e durante dois anos (2018 a 2020) fez a coordenação do setor de comunicação da ONG Redes da Maré. Divorciada e mãe de dois filhos.

EDU CARVALHO, EDITOR ADJUNTO

Nascido na Rocinha, uma das maiores favelas do Brasil, é jornalista e atuou na equipe de criação do programa Conversa com Bial e da série Segunda Chamada, na TV Globo. Foi repórter na CNN Brasil. É autor do livro Na Curva do S. Atualmente é colunista da Revista Época e UOL Ecoa.

FILIPE ALMEIDA, DESIGNER, DIAGRAMADOR E PROGRAMADOR

É formado em Marketing pela Universidade Estácio de Sá e pós-graduando em Influência Digital na PUC Rio. Nascido na favela do Caramujo, em Niterói,  se considera em processo de desconstrução do machismo, com o trabalho pautado na transformação social e na luta contra a desigualdade.

HÉLIO EUCLIDES, REPÓRTER

Hélio Euclides viveu sua infância no Parque Maré, quando passou pela remoção do Projeto Rio e foi morar na Vila do Pinheiro. Formado em jornalismo pela UNISUAM, fez parte da equipe do Jornal O Cidadão, da Rádio Revolução FM, da Rádio Viva Rio AM, da Rádio Marémanguinhos, e está desde a fundação  – em 2009 – no Maré de Notícias.

Já trabalhou como assessor de comunicação na Associação Senatus RJ e foi recenseador do IBGE na Maré. Foi premiado por duas vezes no Prêmio Visibilidade das Políticas Sociais e do Serviço Social, com matérias do Maré de Notícias. Casado com a professora Viviane Couto, é pai de Ângela Beatriz.

MATHEUS AFFONSO, FOTÓGRAFO, DESIGNER E VIDEOMAKER

Artista multilinguagem, ativista LGBTQI+ é técnico em Comunicação visual pelo SENAI-Maracanã. Atuou como professor de Designer Gráfico e Fotografia do Instituto Vida Real e de teatro na Escola Municipal Bahia, na Maré. É co-fundador e integrante do Grupo Atiro, FAVELAMONA, Projeto Eeer e do Grupo Pantera de Teatro do Oprimido. Já expos seus trabalhos na Mostra Transcendências do Galpão Bela Maré, no Museu do AMANHÃ em parceria com a ONU Brasil e Imagens do Povo, e produziu a 10° PARADA LGBTQIA+ da Maré em parceria com o Grupo Conexão G onde lançou o projeto ENTIDADE.

TAMYRES MATOS, EDITORA

Apaixonada por comunicar e orientada pelo afeto, a jornalista se formou em Comunicação Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). A formação prática veio com a passagem pelo jornal O DIA, onde começou como estagiária e atuou como repórter de online e impresso, além de exercer a função de editora da capa do site. Experiências com reportagens do jornal O Globo e da plataforma UOL Ecoa ajudam a compor o mosaico de redação. As variadas experiências em comunicação, como na Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro e no Parque Tecnológico da UFRJ, auxiliaram na compreensão de que atender ao interesse público é uma missão para a vida. Alguém que acredita na importância das utopias para o desenvolvimento da sociedade, mas que entende que a busca pela eliminação das perversas desigualdades que impedem a realização do potencial contido nos mais variados corpos é para ontem.

Iniciativa

Nossos parceiros

O Maré de Notícias Online é membro da Associação de Jornalismo Digital (Ajor).