Espaço Normal: seleção para bolsa de formação para jovens da Maré

0
794

O Espaço Normal, Espaço de Referência sobre Drogas na Maré, em parceria com o Movimentos: Drogas, Juventude e Favela abre a seleção para jovens da Maré para duas (2) bolsas de formação para a iniciativa Diálogos sobre drogas.

Diálogos sobre drogas

Diálogos é uma iniciativa do Espaço Normal que tem por objetivo criar espaços de troca sobre a questão das drogas no território da Maré. ODiálogos sobre drogas tem visitado escolas, instituições, coletivos e cenas culturais no intuito de ampliar os espaços de reflexão sobre atenção e cuidados com as pessoas que usam drogas e sobre políticas de drogas e seus impactos. Neste ano, a iniciativa terá como foco as escolas, criando oficinas, conversas e atividades voltadas para alunos, pais e professores. 

Sobre a Redes da Maré

Redes da Maré é uma instituição da sociedade civil fundada por pessoas envolvidas com o movimento comunitário no conjunto de favelas da Maré e, também, na cidade do Rio de Janeiro. Buscamos, através de ações de mobilização dos moradores e da construção de uma rede de parcerias, vínculos com instituições da sociedade civil, poder público, universidades, institutos de pesquisa, órgãos e empresas públicas e privadas, produzir conhecimento e iniciativas de intervenção na Maré em prol ao desenvolvimento territorial e garantia de direitos. Atualmente, a Redes da Maré desenvolve mais de 30 projetos na área de Educação; Arte e Cultura; Desenvolvimento Territorial; Memória e Identidade; Segurança Pública e Acesso à Justiça.

Sobre o Espaço Normal

Inaugurado em maio de 2018, o Espaço Normalé um projeto da Redes da Maré que tem como proposta ser um polo de referência sobre drogas e um local de convivência para pessoas que usam crack, álcool e outras drogas. Está localizado na Nova Holanda, no conjunto de Favelas da Maré (RJ).

A partir do espaço físico(casa), são desenvolvidas atividades com pessoas que usam drogas, ações de apoio às pessoas em situação de rua, orientação aos familiares e interlocução constante com serviços públicos de saúde, assistência e com moradores, comerciantes da Maré e instituições locais.

O Espaço Normal é um polo permanente que agrega experiências, vínculos, cuidado, conhecimento, atividades e articulações. O objetivo do conjunto de atividades do EN é reduzir os danos sociais e à saúde decorrentes do uso de drogas; sensibilizar em torno da questão dos estigmas sociais relacionados ao uso prejudicial de drogas; e criar narrativas alternativas à guerra às drogas.

Movimentos: drogas, juventude e favela

Movimentos é um grupo de jovens de várias favelas e periferias do Brasil que acredita que uma nova política de drogas é urgente. O grupo entende que os jovens periféricos são os mais impactados pela violência, pelo estigma e pelo racismo gerados em nome da guerra às drogas. Por isso, acreditam que não é possível construir alternativas sem discutir os impactos dessa guerra na vida dos jovens favelados e periféricos e sem pensar em soluções que os incluam e deem oportunidades para superar décadas de políticas fracassadas. O coletivo desenvolve atividades culturais, participa de seminários e organiza oficinas e atividades de formação.

Sobre as bolsas

As bolsas são destinadas para a formação de jovens da Maré nas temáticas de redução de danos, política de drogas e segurança pública.  Os bolsistas serão acompanhados pela equipe do Espaço Normal e membros do coletivo Movimentos. Os jovens receberão uma formação nessas temáticas e acompanharão as atividades do Diálogos sobre drogas, participarão  da rotina do Espaço Normal, através da convivência e de ações desenvolvidas pela iniciativa.

Critérios:

●     Ter entre 16 e 25 anos;

●     Ser morador(a) da Maré;

●     Ter interesse nos temas de política de drogas; segurança pública; saúde; redução de danos.

Principais atividades a serem realizadas:

●     Criação das oficinas, planejamento e organização;

●     Acompanhamento das oficinas nas escolas;

●     Acompanhamento dos trabalhos do Espaço Normal (convivência, oficinas e ações no território);

●     Participação em espaços de formação (atividades desenvolvidas por parceiros, seminários, oficinas, ações culturais).

Carga horária: 15h (horários flexíveis a partir dos horários das oficinas)

Valor: R$ 500,00

Período: 3 meses com possibilidade de prorrogação

Cronograma:

●     15 a 22 de abril – processo de seleção

●     24 a 26 de abril – seleção para as entrevistas

●     26 de abril – entrevistas

●     29 de abril – anúncio dos selecionados

●     6 de maio – início das atividades

Para participar da seleção envie um vídeo de no máximo 1:30 (um minuto e meio) para o telefone do Espaço Normal 967804614. Abaixo do vídeo envie uma mensagem com o nome, idade e local onde mora.

No vídeo conte:

1. Sobre você e sua vida na Maré (o que gosta de fazer, locais que frequenta, grupos que participa etc.);

2. Por que você quer fazer a formação sobre política de drogas;

3. O que você acha sobre as drogas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui