Um administrador na prática

Cristian se esforça para aprender na universidade a teoria da profissão

Hélio Euclides

O empreendedor, criador da marca Chocorela, um cone de chocolate, que foi destaque nas páginas da edição 92, do Jornal Maré de Notícias, de setembro de 2018, agora se empenha em alcançar mais uma conquista: cursar a faculdade de administração. Cristian Santos Gomes, de 21 anos, fez vários cursos profissionalizantes de administração, mas sentia a necessidade de ingressar numa universidade. “Até pouco tempo, a universidade não era o meu objetivo principal. Mas esses dois anos me aproximaram do pré-vestibular, como forma de mudança de vida”, comenta.

Cristian teve duas passagens pelo Pré-Vestibular Redes da Maré, uma no primeiro semestre de 2016 e a outra no segundo de 2018. “A Redes da Maré está na minha vida desde que nasci. Foi onde fiz vários cursos, desde criança”, destaca.

Malabarismo

Ele conta que ano passado também terminou o Ensino Médio. Isso transformou a vida dele num malabarismo, pois além da escola fazia dois cursos pré-vestibulares. “Fiquei meio doido, estudava muito. Na parte da tarde, fazia o Pré-Vestibular UniFavela, onde as aulas eram na minha casa. Hoje, elas são na instituição Vida Real. Já à noite, estudava na Redes da Maré. Queria otimizar o tempo, pois só foram seis meses”, lembra. Para ele, o importante foi focar e dizer para si mesmo que era para valer.

Cristian dá dicas para quem deseja o ingresso na universidade. Além de dedicação nas aulas, vale a pena fazer o máximo de simulados de provas antigas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “Outro passo, coloquei pendurado no meu quarto um papel onde dizia: minha meta é ser aprovado em 2019. Estudava e olhava para esse papel, isso me ajudou na autoestima”, confessa.

Dificuldades e inspiração

O jovem detalha que a maior dificuldade foi, há um mês do Enem, quebrar o braço direito. Na prova já estava sem o gesso, mas ainda estava o braço doendo. O esforço valeu quando viu o gabarito, fez a contagem e sentiu que tinha passado. O recém-universitário diz que sua mãe é sua inspiração, já que ela também entrou para a universidade, onde cursa Serviço Social, e fez o Curso Pré-Vestibular Redes da Maré em anos anteriores.

Agora Cristian já está em fase de prova do primeiro período do curso de Administração na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Cristian fala que a universidade não é fácil, especialmente para moradores da Maré, como ele, que precisam pegar dois ônibus para ir à Praia Vermelha e outros dois para a volta. “Compartilho esse esforço com outro aluno da minha sala, que também mora na Maré, e passou por meio de pré-vestibular comunitário. No caso dele, o realizado pela Igreja Batista do Parque União. Sabemos que é cansativo, mas ao mesmo tempo é gratificante”, conclui.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui