Maré de Notícias #48

0
387

 

 

 

 

 

 

 

[toggles class=”yourcustomclass”]

[toggle title=”Parabéns para todos nós”]

Neste mês de dezembro comemoramos quatro anos de circulação do Maré de Notícias. Agradecemos a cada um que compartilhou sua história com a Maré por meio do jornal. Vamos seguir firmes na produção de um veículo de comunicação social pautado pelos próprios moradores e trabalhadores da Maré. O objetivo é agregar cada vez mais pessoas no nosso fazer diário.

Neste fim de ano, tivemos uma bela notícia. A jornalista Rosilene Miliotti conquistou o terceiro lugar do VII Prêmio Visibilidade de Políticas Públicas, do Conselho Regional de Serviço Social (Cress), com a matéria “Qual é a sua cor?”, publicada na edição 35. Parabéns!

Leia a coleção do jornal no site da Redes: www.redesdamare.org.br (clique em Maré de Notícias). E entre em contato com a Redação
(Tel. 3104-3276 ou Rua Sargento Silva Nunes, 1012. Nova Holanda).

Feliz 2014!

[/toggle]
[toggle title=”No túnel do tempo”]

Por: Beatriz Lindolfo

A Olimpíada do Trabalhador da Maré aconteceu em maio de 1993 e reuniu aproximadamente 500 moradores de todas as comunidades locais, segundo Tadeu Ribeiro, um dos organizadores do evento. A ideia surgiu nas reuniões na XXX Região Administrativa (R.A.), quando membros da prefeitura e moradores debatiam sobre diversas ações necessárias para a melhoria da qualidade de vida na Maré. Foi quando a promoção de uma olimpíada entrou em pauta. “A prefeitura abraçou essa nossa ideia e a Fundação Rio Esporte nos cedeu os troféus e as medalhas”, conta Tadeu, que é morador do Parque União.

O objetivo era contemplar todo o universo da Maré no Dia do Trabalhador, celebrado em 1º de maio, e ao mesmo tempo fazer uma corrente comunitária para o devido fortalecimento do Complexo. A meta também era descobrir jovens com aptidão esportiva e cultural.

As modalidades disputadas foram: vôlei, futebol de areia, futebol de campo nas categorias infantil e adulto e corrida feminina e masculina. As provas aconteceram simultaneamente pelas ruas da Maré. A corrida teve início na Praça do Conjunto Esperança e encerrou na Praça do Parque União. Na Praia de Ramos aconteceram os torneios de vôlei e de futebol de areia; já o futebol de campo adulto ocorreu em um campo onde hoje é a Vila Olímpica e o infantil em um campo do Parque Rubens Vaz.

Campeões por todos os lados

Os campeões da corrida feminina e masculina foram moradores do Parque União, do futebol de campo adulto foram moradores da Baixa do Sapateiro e do futebol de campo infantil foram moradores da Nova Holanda.

Dinoelson Pimentel, vencedor da corrida masculina, tinha 31 anos na época e era corredor do Corpo de Bombeiros. “No início foi uma disputa difícil, fui na frente para dar uma distância dos outros competidores e meu irmão ficava me informando quando os outros estavam se aproximando de mim”, conta ele, que já não mora mais no Parque União.

“Senti muita emoção quando recebi o prêmio. Tinham pessoas que nem sabiam que eu era morador. Eu era o favorito, pois na largada vi que não tinha ninguém de fora. Percebi que já iria ganhar”, diz Dinoelson, que já ganhou outras competições realizadas na Maré. “Até hoje as pessoas me reconhecem”, revela.

Após o término das competições, aconteceu a entrega dos troféus para cada modalidade campeã. “Foi um dia de festa por toda a comunidade, torneios acontecendo ao mesmo tempo, atividades para as crianças, a comunidade toda se mobilizou para fazer uma grande comemoração para festejar o Dia do Trabalhador na Maré”, lembra Tadeu.

[/toggle]
[toggle title=”Cinema no beco”]

Bhega Silva, cantor e compositor, morador do Parque União, criou o “Cinema no beco”. Com o dinheiro das vendas de óleo de cozinha usado para reciclagem, ele comprou um DVD, uma tela de toldo branca e ganhou um projetor. O cineminha já está movimentando ruas e becos da Praia de Ramos e Roquete Pinto, exibindo fi lmes infantis e clipes de conscientização, mostrando a todos que cuidar do meio ambiente é dever de todos. A ideia é passar o cinema por toda Maré. Informações pelo celular do Bhega: 99206-5867.

[/toggle]
[toggle title=”Cupcake Natalino – Nozes com Amendoim”]

Receita enviada pela Rafaela Silveira, 19 anos, moradora da Nova Holanda e dona do Bembolados da Rafa 

Ingredientes:

Massa:
100 gramas de margarina ou manteiga
1 xícara de açúcar
1 xícara de farinha de trigo
½ xícara de leite
1 colher de café de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento em pó
1 xícara de nozes e amendoim triturados

Cobertura:
Gel de brilho
1 pacote de pasta americana branca
Corantes alimentícios em gel nas cores desejadas

Modo de preparo:

Massa:
Na batedeira, bata a manteiga ou margarina e o açúcar até formar um creme volumoso.
Junte a farinha, o leite, os ovos e bicarbonato de sódio. Mexa com o batedor. Acrescente o fermento e as nozes trituradas e bata levemente.
Despeje a massa nas forminhas, sem enchê-las, pois a massa irá crescer. (coloque mais ou menos até a metade da forminha). Leve ao forno pré-aquecido a 180°C e asse por aproximadamente 25 minutos.
Retire do forno e coloque para esfriar, evitando que os bolinhos fiquem úmidos.

Cobertura: 
Em uma superfície lisa, abra a pasta americana com um rolo liso, procurando deixar a massa com a mesma espessura.
Depois de aberta, corte a massa do tamanho do cupcake.
Com o auxilio de pincel, passe uma fina camada de gel de brilho sobre o cupcake, para colar a pasta americana.
Decore ao seu gosto.

[/toggle]
[/toggles]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui