MARÉ DE NOTÍCIAS #55

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[toggles class=”yourcustomclass”]
[toggle title=”Pedestres pedem socorro!”]

 

Por Hélio Euclides

Por sugestões de leitores, o Maré de Notícias por diversas vezes abordou o tema passarela em suas páginas, em função de reivindicações de manutenção ou construção de uma nova. Agora moradores reclamam da passagem provisória ao lado da Avenida Brasil, em frente à passarela 10 e próxima a Escola Municipal Clotilde Guimarães, em Ramos.

Ela foi construída para ajudar na passagem de pedestres sobre o novo BRT Transcarioca. O problema é que, além de ser alta, só têm degraus e nenhuma rampa, balança e possui piso de tábuas já deterioradas, deixando as pessoas inseguras.

Antes do BRT, inaugurado em junho, os pedestres usavam uma pequena rua com pouco movimento, opção que não existe mais. A passarela precisa de reforma. A Secretaria Municipal de Obras informou que estuda a substituição desta passagem por uma permanente. O órgão desenvolve projeto para a nova estrutura, mas ainda não há valor estimado e data para licitar.

Apesar de ter a estrutura metálica, a queixa maior vem do piso de compensado de madeira. É unânime a opinião de quem usa a passagem diariamente. “Isso é uma injustiça, em especial com idosos e cadeirantes, que muitas vezes só desejam ir ao médico, algo que se torna impossível.  Essa passagem tinha que ser organizada; só porque é favela não tem planejamento”, critica o morador do Parque União, Luiz Couto.

Para piorar, a passarela tem grande acesso de estudantes. “No horário de escola tem engarrafamento de estudantes. Fica mais fácil ir até Ramos e usar a travessia via sinal do que passar nisso”, orienta Ednardo Sousa. A passarela já deixa marcas. É o caso do morador de Ramos, Tiago Campinho, que sofreu um acidente. “Já me machuquei e fiquei um mês com o pé arrebentado, e olha que não sou idoso”, diz ele.

O que dizem os pedestres

“A travessia é perigosa, as madeiras estão soltas, podem causar um acidente”, disse Jorge Antonio, morador da Nova Holanda.

“Na foto não sai o balanço, uma sorte para o leitor. Essa passarela é o acesso a cinco escolas, em três turnos. Fizeram o trabalho bonito para a passagem dos ônibus, mas para nós algo com escada. E os doentes como o meu marido que vão para o médico?”, diz Terezinha de Jesus e Silva.

“Somos cidadãos, merecemos uma passagem decente. A obra é bonita para quem usa o BRT e nós ficamos com a indignação”, relata Maria do Socorro Soares, moradora de Olaria.

“Está ruim, daqui da minha casa eu vejo o balanço. Sem falar na tábua podre, está afundando, tem que passar devagarzinho. É triste ver idosos e grávidas com dificuldades e medo”, conclui Valmir Jorge de Alexandre, morador de Ramos.

[/toggle]

[toggle title=”Inscrições abertas para várias oficinas”]

 

Gastronomia para mulheres

O Maré de Sabores, projeto dirigido a mulheres e composto por oficinas de gastronomia, gênero e cidadania, abrirá uma nova turma no segundo semestre. Ao final do curso, as alunas poderão fazer parte da cooperativa do Maré de Sabores, que oferece bufês para os mais variados tipos de eventos em toda a Região Metropolitana do Rio.

Inscrições até 31/07, na Secretaria da Redes (Rua Sargento Silva Nunes, 1.012, Nova Holanda, de 7h30 às 21h e sábado até 14h) ou na Lona Cultural da Maré, onde acontecem as aulas(na Rua Ivanildo Alves, s/n, Nova Maré , de 8h às 17h, de segunda a sexta). Mais informações pelo tel. 3105-5531.

Oficinas socioculturais no CRMM

O Centro de Referência de Mulheres da Maré Carminha Rosa (CRMM-CR), projeto da UFRJ na Vila do João, está com vagas para as seguintes oficinas: Arte em tecido (turmas às segundas-feiras de 9h30 às 11h30); Bordado (terças de 9h30 às 11h30); Dança (terças de 13h30 às 15h30 ou sextas de 9h30 às 11h30); Fuxico (quintas de 9h30 às 11h30); e Crochê (quintas de 13h30 às 15h30).

O CRMM também oferece gratuitamente atendimento social, psicológico e jurídico para mulheres maiores de 18 anos. A instituição fica na Rua 17, s/n, (ao lado do posto de saúde da Vila do João). Horário: segundas, terças e quintas, de 8h30 às 12h e de 13h às 16h30; e quartas e sextas, de 8h30 às 12h. Tel.: 3104-9896

Foto, vídeo e blog

Até o dia 8 de agosto estão abertas as inscrições para o projeto “Do Chão da Maré às Nuvens”, uma parceria entre Observatório de Favelas e Criança Esperança. O curso é para estudantes do 6º ao 9º ano, de 12 a 16 anos, que queiram aprender sobre fotografia, vídeo e blog. Saiba mais em http://dcmn.org.br/wp ou no Observatório, na Rua Teixeira Ribeiro, 535, Parque Maré. Tel.: 3105-0204

Capacitação profissional

O Banco da Providência está com vagas para uma série de cursos de capacitação. Os cursos ocorrem em Realengo, mas a instituição paga a passagem. Inscrições de 11 de agosto a 5 de setembro, na paróquia São José Operário, na Via A1, 120, Vila do Pinheiro, às terças e quintas-feiras. Após a formatura, os alunos são encaminhados a uma agência de emprego.

Há cursos de Beleza (cabeleireiro, mega-hair e entrelace), Confecção (corte e costura, modelagem, costura em malha e lycra), Gastronomia (lancheiro de doces e salgados, bolos e tortas), Informática (Windows, Word, Excel, Power Point e Internet), e Básico em montagem e manutenção de micro computadores. Tel.: 98578-0628, com Vânia.

[/toggle]

[toggle title=”Serviço de cartório no Parque União”]

Foi inaugurada no Parque União uma loja que oferece serviços de autenticação, assessoria jurídica e previdenciária (INSS), além de corretagem de imóveis e orientação para financiamento da Caixa. Fruto de parceria com a Associação de Moradores do Parque União, a Mix Service fica na Rua Darcy Vargas, 69.

Os serviços de assessoria jurídica e previdenciária são gratuitos, mas é necessário ligar para marcar horário de atendimento (tel.: 2507-1089 / e-mail: mixservicepu@gmail.com). A associação luta para que seja aberto no mesmo local um posto de pagamento do
Caixa Aqui.

[/toggle]

[toggle title=”Rondelli de presunto e queijo ao molho branco”]

 

RECEITA – Por: Itamar Isidoro, a Tânia da Principal

INGREDIENTES :

• 9 fatias de presunto (a gosto)

• 9 fatias de queijo mussarela (a gosto)

• 300g de massa de lasanha

MOLHO:

• 3 colheres de azeite

• 1 cebola pequena picada

• 1 colher de margarina

• 1 caixade creme de leite

• ½ litros de leite

• 1 copo de requeijão

• Pimenta e cominho (a gosto)

• 1 colher de sobremesa de sal

• 1 caldo Knorr

• 150g de queijo parmesão ralado

 

PREPARO:

RONDELLI: Abra a massa de lasanha, passe o requeijão e coloque as fatias de queijo e presunto uma em cima da outra. Corte a massa um pouco maior que as fatias de queijo e presunto. Logo depois, enrole a massa.

MOLHO— Refogar o alho e a cebola no azeite. Colocar o creme de leite, requeijão, leite, pimenta e o cominho. Deixar cozinhar de 1 a 2 minutos. Mexa o molho até ter uma consistência mais firme. Quando o molho estiver com uma forma mais firme, desligue o fogo e acrescente o queijo, mexendo bem, para ele não grudar. Com o molho cubra o rondelli que deve estar previamente arrumado em uma assadeira. Leve ao forno por 20 minutos. Antes de servir cubra com o queijo parmesão ralado.

[/toggle]
[/toggles]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui