#CaiuNaRede: Respiramos gás carbônico ao usar máscara, mas quantidade não é prejudicial

Data:

Ministério da Saúde garante que usar máscara não faz mal à saúde

Por Thaís Cavalcante, especialmente para a Agência Lupa, em 29/10/2020 às 19h10

Circula nas redes sociais uma imagem que afirma que o calor que se sente no nariz quando se usa máscara de proteção seria gás carbônico da respiração. A imagem compara a respiração com a máscara à em um escapamento. O conteúdo foi verificado no Caiu na rede: é fake?. Confira:

“Sabe aquele calorzinho no nariz? É o seu próprio CO2”

Texto que acompanha imagem no Facebook que, até as 13h do dia 29 de outubro, tinha sido compartilhada 79 vezes

VERDADEIRO, MAS

A informação é verdadeira, mas a quantidade de gás carbônico (CO2) que respiramos ao usar a máscara de proteção é muito pequena e não é prejudicial à saúde. Segundo o Ministério da Saúde, o uso de máscaras conforme orientação não acarreta em problemas de saúde. Um documento oficial do ministério traz as orientações sobre o uso de máscara em função da pandemia de Covid-19. Seu uso é obrigatório no país desde julho de 2020.

Nota da redação: o projeto Caiu na rede: é fake? é uma parceria da Agência Lupa com Voz das Comunidades, Favela em Pauta, Maré de Notícias e conta com o apoio da Fundação Heinrich Böll Brasil. 

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Ativista e jornalista da Maré no G20

Do Conjunto de Favelas da Maré à conferência da 19a reunião de cúpula do G20, a trajetória de Kaya Bee, moradora da Nova Holanda é um exemplo inspirador na luta por um futuro mais justo e sustentável. Aos 27 anos, mãe, ativista climática e estudante de jornalismo, ela carrega a força e a resiliência de quem enfrenta os desafios da vida na favela com a determinação de transformar a realidade para os mareenses.