Campanha para matrícula de estudantes fora da escola vai até quarta (17)

Data:

A campanha Vamos pra escola da Redes da Maré prevê atendimento presencial para famílias que buscam vagas nas unidades escolares do município

Atenção pais, mães, responsáveis e estudantes que buscam vagas nas 46 unidades escolares do município na Maré em 2024: as pré-matrículas para alunos que estão fora das escolas vão acontecer de 12 a 17 de janeiro, pelo site  www.matricula.rio. E como aconteceu nos dois últimos anos, as equipes da Rede da Maré estarão a postos, em quatro pontos da região, para ajudar as famílias na primeira fase da matrícula, que acontece somente de forma virtual. 

A campanha Vamos pra escola prevê o atendimento presencial aos responsáveis e aos estudantes nas sedes da Redes da Maré na Nova Holanda e Vila dos Pinheiros; na Areninha Cultural Herbert Vianna, na Nova Maré; e na Associação de Moradores do Parque União. Munidos de computadores com internet, os tecedores da Redes vão auxiliar no passo a passo para a busca de vagas nas escolas da região e até mesmo fora da Maré.

Essa fase da pré-matrícula se destina a estudantes de pré-escola, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos, que estão fora da escola. Na pré-escola, podem ser inscritas crianças que completem 4 anos até 31 de março. Já para o  1º ano, podem ser inscritas crianças que completem 6 anos até 31 de março. Se o candidato tiver idade superior à adequada para o ano de escolaridade que irá cursar – defasagem de 2 anos –  o responsável deve indicar no momento da pré-matrícula um Polo de Avaliação, onde o aluno será avaliado pela Gerência de Educação da Coordenadoria Regional de Educação.

Nos demais casos, depois de feita a pré-matrícula online, os responsáveis e os estudantes maiores de idade precisam confirmar a matrícula presencialmente, no próximo dia útil, nas próprias unidades onde conseguiram a vaga, levando a documentação necessária. É preciso ter em mãos: registro de nascimento, CPF da criança ou adolescente, CPF e RG do responsável, caderneta de vacinação (para quem tem até 5 anos) e comprovante de residência. No caso de transferência de alunos vindos de outras redes de ensino, é necessária uma declaração constando o último ano cursado pelo estudante. 

Em termos de vagas nas escolas do município na Maré, a grande notícia de 2024 é a abertura de turmas de 7º. Ano do Ensino Fundamental no Ciep Hélio Smidt, para absorver a demanda dos estudantes de 6º. ano das escolas do Campus Maré da Nova Holanda. Cristiane Cardoso, gerente de supervisão e matrícula da 4ª. Coordenadoria Regional de Educação (CRE), diz que todos os alunos do 6º Ano que já estudam em unidades da região tiveram a chance de  continuar na Maré no 7º Ano em 2024 e que haverá vagas para alunos de fora também:

“Começamos a transição do Ciep Hélio Smidt para uma escola de Fundamental 2 (do 7º a 9º ano), porque na região da Nova Holanda só tínhamos uma escola de Fundamental 2 (Olimpíadas Rio 2016) para sete escolas de Fundamental 1 (1º. a 6º ano). No Ciep,  haverá em 2024 mais 105 vagas de 7º ano, para acomodar todos os alunos desse segmento em unidades próximas e vamos abrir cerca de 12 vagas para alunos novos, na matrícula de janeiro”, diz Cristiane.

Outra informação que vai alegrar os responsáveis é que em toda a Maré haverá mais 80 vagas de pré-escola, com 40 para as crianças já matriculadas e 40 para alunos novos. E a Escola Municipal Clotilde Guimarães, que é em Ramos mas atende prioritariamente o público mareense, passa a ser uma unidade de Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) em 2024, oferecendo 150 vagas a mais de ensino semipresencial e 31 vagas de ensino à distância.

Na campanha Vamos pra escola de 2023, foram feitos 318 atendimentos, com 137 pré-matrículas,  e na primeira edição, em 2022, foram 175 atendimentos e 102 pré-matrículas. A perspectiva é que os atendimentos sejam ampliados e mais pré-matrículas concretizas, como reforça Andréia Martins, diretora da Redes da Maré.

“Como a campanha é um projeto institucional e já entrou para o calendário de eventos da Maré, acreditamos numa mobilização maior em 2024, para chegarmos às famílias cujos filhos estão fora da escola, porque vieram morar recentemente na Maré ou mesmo não tinham conseguido vagas nas escolas da região nos anos anteriores – diz Andréia Martins.

Desde 2021, a Redes da Maré também está à frente de um projeto de busca ativa de crianças e adolescentes fora da escola, que acontece durante todo o ano, nas 16 favelas do conjunto, com apoio da Secretaria municipal de Educação e da Fundo Malala no Brasil. 

“A campanha Vamos pra escola é um dos pilares de um projeto de busca ativa de estudantes fora da escola que acontece nos 12 meses do ano. Nossas articuladoras trabalham nas ruas, em parceria com as escolas locais e demais instituições, como clínicas de família e associações de moradores, para que nenhum morador da Maré em idade escolar fique fora das salas de aula”, completa Andréia Martins. 

A equipe da Redes da Maré estará a postos para auxiliar na pré-matrícula na sexta-feira, dia 12, na segunda-feira, dia 15, na terça-feira, dia 16, e na quarta-feira, dia 17, das 10h às 17h; e no sábado, dia 13, das 10h às 13h. Os endereços de atendimento são: Redes da Maré Nova Holanda (Rua Sargento Silva Nunes, 1012); Redes da Maré Vila dos Pinheiros (Via A1 s/n, Anexo ao Ciep ministro Gustavo Capanema); Areninha Cultural Herbert Vianna (Rua Evanildo Alves, s/n, Nova Maré) e Associação de Moradores do Parque União (Rua Ari Leão, 33). Em caso de dúvidas, é possível ligar para o atendimento da Prefeitura do Rio, no 1746, ou para a Redes da Maré, no 99924-6462.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Povo negro resiste frente às estruturas de discriminação racial 

Racismo institucional é alimentado pela falta de reconhecimento do racismo estrutural, pela sub-representação de pessoas negras em cargos de liderança e pelo apagamento da contribuição e identidade negra na história e na cultura

Evento leva atividades pós-carnavalescas gratuitas para Fiocruz

Amanhã, das 10 às 16h, atração musical, atividades externas, oficinas, exposições e teatro dão o tom do “Quero + Folia no Museu”, um evento que vai abrir as portas da FioCruz