Coletivo faz vakinha online para construir pista de skate na Maré

Data:

Primeira meta é alcançar R$ 15 mil até 14 de junho

Thaynara Santos

O Coletivo Skate Maré (CSM) lançou um financiamento coletivo para a construção de uma pista de skate na quadra do Pontilhão, no conjunto de favelas da Maré. O prazo é até o dia 14 de junho para atingirem a primeira meta, que é de R$ 15 mil.

Coletivo atua desde 2015 na Maré promovendo aulas de skate para crianças, jovens e adultos. As atividades atendem cerca de 30 pessoas semanalmente. Todas são moradores da comunidade. As aulas são realizadas na quadra do Pontilhão, que fica localizada embaixo do viaduto da Linha Amarela.

Aberta 24 horas, todos os dias do ano

O inglês Damian Platt, um dos primeiros integrantes do coletivo, acredita que a construção de uma pista de skate é importante para acompanhar o número crescente de jovens que estão ingressando no projeto e alcançar mais pessoas. “O que tem é muito limitado. A minirrampa é razoável, mas é muito pequena. Tem uma quadra de futebol, mas a gente só pode usar a quadra quando não tem ninguém lá. A ideia é ter uma pista que seja grande, de qualidade internacional, que vai ser aberta 24 horas por dia, todos os dias do ano. No qual todos terão acesso. Crianças, adolescentes e adultos”, afirma o autor.

A vakinha online tem três metas: A primeira é de R$ 15.000,00, para financiar o material de construção (concreto) para a pista de skate. A segunda de R$ 20.000,00 é para garantir as aulas de skate durante um ano. A terceira meta tem por objetivo alcançar R$ 25.000,00 para financiar a compra de equipamentos de skate e segurança durante um ano e, com isso, oferecer um serviço de empréstimo de equipamentos de skate para uso gratuito dos moradores.

Impacto positivo

Guilherme Gonçalves, instrutor das aulas de skate, que atua no coletivo há três anos, explica que “a pista vai ter um impacto muito positivo porque é algo que vai ajudar os que já fazem parte do coletivo, pois terão uma boa pista perto de casa para poderem andar quando quiserem, evoluindo bastante como um atleta e também para incentivar outros jovens que ainda não conhecem o skate”.

A construção do Maré Skatepark, que está prevista para o final de junho, é uma parceria entre CSM, Rio Ramp Design, estúdio brasileiro que é referência mundial na criação de pistas de skates e a organização sem fins lucrativos Make Life Skate Life, que tem sede na Bélgica e nos Estados Unidos, e trabalha criação de pistas de skate em várias comunidades ao redor de todo o mundo. A Make Life Skate Life realizará uma semana de oficinas para preparar o CSM sobre o uso futuro do parque.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Atleta mareense é recebida com festa no Parque União 

A atleta do Maré Top Team Júlia Freire de 13 anos, voltou para a Maré, nesta segunda-feira (17) após conquistar duas medalhas, ouro na Guatemala e prata em El Salvador

Edital para apoiar músicos da Maré prorroga inscrições; veja como participar

Com o objetivo de profissionalizar e incentivar a produção musical no território, a 2ª edição do projeto irá fornecer uma bolsa de incentivo para os selecionados