Debate sobre drogas reúne iniciativas na Maré

Espaço Normal será local do evento nos próximos dias. Foto © Douglas Lopes

Debate sobre drogas reúne iniciativas na Maré

Fórum sobre Drogas completa cinco anos e retorna de maneira presencial nos dias 23 e 24 de maio

Por Edu Carvalho, em 23/05/2022 às 09h.

Nesta segunda (23) e amanhã (terça, 24), um conjunto de organizações na Maré convidam os moradores à reflexão sobre as políticas de uso de drogas e alcóol, a partir de ações traçadas nos territórios das 16 favelas que compõem o conjunto de favelas. 

Criado em 2016, o ‘’Fórum sobre Drogas na Maré’’ surgiu com o intuito de fortalecer a rede de cuidado e saúde para o atendimento da população em situação de rua e pessoas que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas, com intuito de promover um encontro entre os profissionais e organizações que trabalham a temática. 

Fruto da movimentação, o O Atenda reúne os equipamentos públicos da saúde e da assistência, assim como organizações que possam oferecer um atendimento integrado semanal com a finalidade facilitar o acesso aos serviços e direitos básicos, consolidando assim as políticas públicas com foco em pessoas em situação de rua e/ou usuários de crack e outras drogas que vivem na Maré e entorno. 

No ano passado, devido ao agravamento dos casos de covid-19, as instituições participantes tiveram que ampliar suas ações no território através de uma presença em diferentes dias da semana. Essa conjuntura trouxe muitos desafios e adaptações nas ações no território, o que gerou a necessidade de um encontro para dialogar e fortalecer o trabalho que os equipamentos públicos e as organizações da sociedade civil desenvolvem no território. 

Para Vanda Canuto, coordenadora do Espaço Normal, o objetivo da realização do evento é apresentar os resultados traçados, tendo como base a ampliação das iniciativas, bem como o apoio da sociedade civil. “Queremos mostrar que somos resistentes, e que estamos no território realizando um trabalho que deveria ser visto por outras pessoas, e que elas se sintam chamadas para a união, para continuarmos na luta. O trabalho territorial não pode parar, precisa ser fortalecido”.

Vanda acredita que um novo pacto pode ser feito no tocante às políticas de atenção aos usuários se compreendido que, de fato, o caráter humanizador é fundamental na apreensão e retenção desses indivíduos, abarcando noções que não criminalizem (tampouco violentem) que já é naturalmente estigmatizado. ‘’É preciso que fique bem claro que não se trata só de segurança, mas sim de tratar o consumo de álcool e drogas como saúde pública, como necessidade, tendo o olhar que respeite a pessoa como sujeito e sua subjetividade. E fazendo assim trabalho de redução de danos, para que o assistido possa ter dignidade e respeito. Essas pessoas precisam ser cuidadas e não serem julgadas’’. 

Integram o Fórum representante do Espaço Normal (Redes da Maré); Casa das Mulheres da Maré (Redes da Maré); CAPSAd Miriam Makeba; CAPS Carlos Augusto Magal; CAPSI Visconde de Sabugosa; Consultório na Rua Manguinhos; Unidade de Acolhimento Adulto Metamorfose Ambulante; Centro Pop José Saramago e Movimentos. 

FÓRUM SOBRE DROGAS NA MARÉ – 5 ANOS – EDIÇÃO COMEMORATIVA

LOCAL : Galpão do Espaço Normal – Rua 17 de Fevereiro nº: 237 – Complexo da Maré 

PROGRAMAÇÃO 

23 de maio, segunda-feira 

9h – Abertura 

9h45 às 12:30h – 1ª mesa : Como foi o trabalho com a população durante a pandemia? Instituições contam sua experiência. 

12:30h – 13:45h – Almoço 

Atividade 1: Atividade Corporal (Movimentos) 

Atividade 2: Roda de Rap/Hip Hop (Espaço Normal) 

Atividade 3: Cine pipoca: A rua é meu lugar? 

Atividade 4: Consulta a CadÚnico com Centro Pop 16h – encerramento 

Dia 2 – 24 de maio, terça-feira 

9h às 10:45h – 1ª mesa: Geração de renda e autonomia : experiências práticas 

Participantes: Espaço Normal; CAPSAd Miriam Makeba; CAPS Carlos Augusto Magal ; Unidade de Acolhimento Adulto Metamorfose Ambulante 

11h às 13h – 2ª mesa: O impacto da guerra às drogas nos territórios Participantes: Eixo de Segurança Pública (Redes da Maré); Movimentos; Consultório na Rua Manguinhos 13:00h – 14:15h – Almoço 

Atividade 1: Atividade corporal (Consultório na Rua Manguinhos) 

Atividade 2: Produção Silk (UAA) 

Atividade 3: Desfile ( Casa das Mulheres, Consultório na Rua e Espaço Normal) 

16h – encerramento

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

mareonline

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.