Eduardo Paes define secretários para nova prefeitura; cria da Cidade de Deus faz parte do time

Data:

Até o término da semana, prefeito eleito pretende definir cargos de sua nova gestão

Edu Carvalho em 03/12/2020 às 10h

Editado por Dani Moura

Nesta semana o prefeito eleito Eduardo Paes começou a formar seu governo, que toma posse para mandato de quatro anos a partir do dia 1º de janeiro de 2021. 

O primeiro nome anunciado como oficial foi o médico sanitarista Daniel Soranz, personagem que passou por gestões anteriores de Paes. 

Logo depois convidou Anna Laura Secco para atuar como chefe da pasta de Conservação. Outros cargos estão definidos, como o da nova Secretaria de Integridade e Governo, que ficará sob os cuidados de Marcelo Calero, e da Secretaria de Fazenda, pelo deputado federal Pedro Paulo (DEM). Ao vereador Luiz Carlos Ramos Filho, foi designada a  Secretaria Municipal de Proteção Animal.

Com Paes também estarão a vereadora eleita Laura Carneiro, que assume a Secretaria de Assistência Social; a assistente social Ana Ribeiro (Subprefeitura da Zona Sul) e a professora da rede municipal Marli Peçanha (Ação Comunitária). 

Ontem, quarta-feira, houve o anúncio de três novos subprefeitos: o empresário Diego Vaz, para a Zona Norte, Leonardo Pavão, para o Centro, e Edson Menezes, para a Zona Oeste.

Cria da Cidade de Deus será responsável 

Ainda sem ser criada, a nova Secretaria da Juventude já está sob o comando do líder comunitário Salvino Oliveira, morador de 22 anos da Cidade de Deus. 

O jovem desenvolve projetos sociais e artísticos onde nasceu e vive e é recém-formado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em Gestão Pública. Ele hoje ocupa a função de assessor da Defensoria Pública do Estado do Rio.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

8ª Edição do Fórum Sobre Drogas na Maré começa nesta segunda-feira

O encontro, criado em 2016, surgiu com o intuito de fortalecer a rede de cuidado e saúde para o atendimento da população em situação de rua e pessoas que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas

Ativista e jornalista da Maré no G20

Do Conjunto de Favelas da Maré à conferência da 19a reunião de cúpula do G20, a trajetória de Kaya Bee, moradora da Nova Holanda é um exemplo inspirador na luta por um futuro mais justo e sustentável. Aos 27 anos, mãe, ativista climática e estudante de jornalismo, ela carrega a força e a resiliência de quem enfrenta os desafios da vida na favela com a determinação de transformar a realidade para os mareenses.