Já garantiu seu peixe? Semana Santa movimenta pequenos negócios na Maré

Data:

Comerciantes ampliam estoques e têm boa expectativa para aumentar a renda nessa época

A tradição de consumir peixe na Semana Santa aquece o mercado brasileiro e na Maré não é diferente. Comerciantes da pesca esperam o ano todo por esta data, além de beneficiar também os pequenos empreendedores com a venda de limão e temperos. Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Criadores de Peixes (ABCP), a expectativa do país é de um aumento de 30% nas vendas em comparação com a semana anterior.

Os preços, segundo a pesquisa, devem se manter estáveis. Na Maré, o filé de linguado é um dos favoritos e custa em torno de R$36 o quilo, mas a queridinha é a sardinha que custa em média R$10 nas 16 favelas do território.

Comerciantes se preparam para atender a demanda

Para atender a alta demanda da Semana Santa, as peixarias mareenses estão reforçando seus estoques,  ampliando seus horários de funcionamento e até aumentando a equipe. 

| Já leu essa?

Julia Mel tem 22 anos e trabalha na barraca de peixe da família Silva. Ela conta que o negócio iniciou com seu avô, passou para o pai e hoje ela também trabalha no ramo. Localizada na Teixeira Ribeiro, na barraca dos Silva Pescados, encontra-se peixes variados: “Tem sardinha, que está entre 6 e 10 reais, tem camarões que também sai muito. Além da Corvina, Tilápia, Anchova, Xerelete, Robalo e outros. Não falta peixe!”, conta. 

A jovem fala sobre a expectativa para esta sexta-feira da paixão: “No dia-a-dia a equipe é formada por cinco pessoas, mas nesta semana santa a equipe aumenta e ficam em torno de oito pessoas para atender todo mundo. Pode ter certeza que você vai encontrar bom atendimento, peixe de alta qualidade e ninguém se arrepende quando compra aqui”, garante. 

Os peixes são o prato principal e o tempero é fundamental no preparo. O senhor Sebastião Macedo, de 67 anos, vende limões em frente a uma peixaria no Parque Maré. Ele fala da expectativa para estes dias: “Tem uns dois anos que eu vendo limão, e gosto muito dessa época. Sou aposentado mas não dá pra muita coisa e conversando com o pessoal, consegui ficar aqui em frente ao peixe. Tenho limão de R$2,50 e de R$3, também faço promoção, mas pra fiado digo não”, brinca. 

E você morador, já garantiu seu peixe? Veja algumas dicas para não errar na compra:

  • Observe se os olhos do peixe estão brilhantes e salientes.
  • As escamas devem estar firmes e brilhantes.
  • A carne deve estar firme e elástica.
  • O odor deve ser fresco e agradável.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Entenda o Projeto de Lei que equipara aborto em casos de estupro a homicídio 

O Projeto de Lei 1904/2024, chamado de “PL da Gravidez Infantil” ou “PL do Aborto”, equipara o aborto após a 22ª semana de gestação ao crime de homicídio, criminalizando mulheres e profissionais de saúde envolvidos no procedimento.

Operação da Polícia Civil é marcada por intenso tiroteio e correria em três favelas da Maré

O Maré de Notícias recebeu vídeos que mostram mães correndo e procurando se proteger dos disparos abraçadas a seus filhos por causa do horário de saída do período matutino