Justiça do Rio suspende retorno de aulas presenciais

São mais de 1.500 escolas e creches da Secretaria Municipal de Educação que atendem a mais de 600 mil alunos – Foto: Douglas Lopes

Justiça do Rio suspende retorno de aulas presenciais

Volta estava marcada a partir desta segunda-feira, 5 de abril

Por Redação, em 05/04/2021 ás 10h

A Justiça do Rio de Janeiro determinou a suspensão do retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas que funcionam no município do Rio. Creches e outros estabelecimentos de ensino estavam autorizados a abrir a partir de hoje (5), por um decreto municipal, depois do ‘superferiado’ de dez dias.

A decisão, em caráter liminar, foi tomada pelo Plantão Judiciário ontem (4), a pedido de um grupo de vereadores e deputados estaduais. O Ministério Público do Rio (MPRJ) se opôs à suspensão.

A Justiça considerou que o município do Rio está classificado como bandeira roxa (risco muito alto para a covid-19) e que a taxa de ocupação de leitos de UTI para a doença é considerado “crítico” em todo o estado.

Cabe lembrar que as prefeituras do Rio, Niterói, Maricá e Itaguaí apresentaram no dia 1º de abril, um calendário de vacinação único para a região, que vai do dia 26 de abril até 29 de maio. Um dos objetivos é evitar deslocamento de moradores em busca de doses entre os municípios.

Edu Carvalho

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *