Mostra	CineCidades traz olhar	contemporâneo e	plural de novos	diretores sobre a cidade do Rio de	Janeiro

Mostra CineCidades traz olhar contemporâneo e plural de novos diretores sobre a cidade do Rio de Janeiro

Por Luciana Bento, em 05/03/2021 às 12h

Parte da programação 2021 do Rolé Carioca – plataforma multifacetada de cultura e conhecimento sobre a cidade – a Mostra CineCidades traz um panorama das narrativas audiovisuais que versam sobre a cidade do Rio de Janeiro a partir dos anos 2000.

A Mostra, gratuita e 100% online, estreia no dia 09 de março (próxima terça-feira) e vai até 25 de março, apostando na diversidade e na discussão de temáticas urbanas a partir do olhar de uma safra de novos diretores – alguns em seus filmes de estreia, outros com várias realizações no currículo. Com a curadoria do cineasta Emílio Domingos, serão exibidos 17 documentários – entre curtas e longas metragens – que retratam as múltiplas facetas da cidade e abordam assuntos como cultura, tradições, religiosidade, política, patrimônio, memória e identidade no Rio de Janeiro.

A Mostra CineCidades é dividida em sessões temáticas e terá dez debates com diretores e produtores dos filmes exibidos – todos às 19 horas, ao vivo, traduzidos em libras e transmitidos pelos perfis do Rolé Carioca no Facebook (www.facebook.com/RoleCarioca) e no YouTube (www.youtube.com/RoleCarioca). Serão três semanas de programação, com os filmes disponíveis no canal Vimeo da Mostra durante a semana de cada sessão: https://vimeo.com/cinecidades

Na programação, um Rio de alegrias, contradições e desigualdades

Na primeira semana (de 09 a 15/03), a mostra apresenta o novo ritmo dos bailes funk em 150BPM – o ritmo louco, passando pela ocupação cultural do viaduto de Madureira em 6 por 20 e pelo Batuque na Cozinha das tias do samba carioca, mergulhando no universo dos Clóvis do subúrbio em Carnaval, bexiga, funk e sombrinha. A programação volta os olhares para desafios e alegrias da devoção, com os filmes Nosso Sagrado, Uma festa para Jorge e Fé e Fúria e fecha a semana com uma reflexão sobre o um Rio que não existe mais em Crônica da Demolição.

Os debates da primeira semana acontecem entre 9 e 12 de março. O percurso continua, entre 16 e 22/03, Carioca era um Rio – sobre o rio que dá nome aos habitantes da cidade, seguindo para o grito das ruas em Vozerio. Finalizando a Sessão 2, o direito à rua, à cidade será debatido na sessão que traz os curtas Cidade Partida, Camelôs e À margem das torres.

Os debates da segunda semana acontecem entre 16 e 18 de março. Na semana final, a mostra investiga as origens do “ser carioca”, a malemolência e a malandragem, em Cidade Invisível. O reflexo dessa “alma” no imaginário de estrangeiros que fazem tours pelas favelas do Rio está Em busca de um lugar comum. A mostra termina com a dor e a delícia do esporte nacional em Copa Vidigal e O Maraca é nosso! Os debates da terceira semana acontecem entre 23 e 25 de março.

A Mostra CineCidades é uma realização da Toca o Barco Produções e do Estúdio M’Baraká e faz parte do calendário de estreia da programação do nono ano do Rolé Carioca – projeto que trata da memória, história e identidade carioca desde 2013.

Em sua primeira edição, a Mostra CineCidades é realizada com o patrocínio da lei Aldir Blanc, pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro. Mais informações em www.rolecarioca.com.br/cinecidades

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Edu Carvalho

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.