Panorama Covid-19: cenário epidemiológico apresenta estabilidade dos indicadores da doença

Panorama Covid-19: cenário epidemiológico apresenta estabilidade dos indicadores da doença

Taxas de positividade dos testes de antígeno e RT-PCR começam apresentar tendência de queda

Por Redação, em 05/07/2022 ás 07h.

A 7ª edição do Panorama Covid-19, divulgada na última sexta-feira (01.07) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), mostra um cenário de estabilidade dos indicadores precoces da Covid-19. Alguns dados já começam a apresentar tendência de queda. A análise considera os dados registrados na semana de 19 a 24 de junho.

”Nesta última semana, começamos a observar uma estabilidade nos atendimentos por síndrome gripal na UPAS. A proporção maior é de atendimentos adultos, mostrando que os casos em crianças estão reduzindo. As taxas de positividade, por sua vez, estão apresentando uma tendência de redução. Importante que a população siga procurando os postos para completar o esquema vacinal. As vacinas são a maneira mais eficaz de evitarmos as formas graves e óbitos pela doença”, ressaltou o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Os atendimentos a casos de síndrome gripal nas Unidades de Pronto Atendimento da rede estadual (UPAs) apresentam estabilidade, com 5,6% de atendimentos a mais que na semana anterior. Na semana de 13 a 18 de junho, a média diária de atendimentos foi de 604, sendo 244 pediátricos. Já na semana de 19 a 24 de junho, a média diária foi de 640 atendimentos, sendo 374 de adultos.

Na última semana, foram realizados em média 14.875 testes de antígeno por dia, sendo a positividade de 30%. Em relação ao RT-PCR, estão sendo analisados em média 831 exames por dia, com positividade de 37%. Na semana de 13 a 18 de junho, a positividade dos testes de antígeno estava em 34% e a dos exames de RT-PCR, em 36%.

Quanto às solicitações de leito para tratamento da Covid-19, a média diária foi de 22 para UTI e 18 de enfermaria.  Na semana de 13 a 18 de junho, a média diária foi de 18 solicitações para UTI e 13 de enfermaria. A média diária de pessoas aguardando um leito é de 43 para UTI e 35 para enfermaria. Importante ressaltar que a fila é dinâmica e, ao longo das 24h, pessoas entram e saem dessa fila.

A SES acionou o plano de contingência da Covid-19 e já reverteu 30 leitos de enfermaria e 47 de UTI no Hospital Estadual Dr. Ricardo Cruz (HERCruz), no Hospital Regional do Médio Paraíba Dra. Zilda Arns Neumann e no Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião. A ação pode ser ampliada, de acordo com a demanda. O plano prevê a ativação de níveis a partir de determinados cenários epidemiológicos. Com base nesse plano, em cada nível de ativação, são definidas as medidas de enfrentamento a serem tomadas.

A Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS) enviou nota técnica aos 92 municípios com orientações sobre testagem para Covid-19 no estado. O texto alerta para que as unidades básicas e de pronto atendimento mantenham a oferta de teste rápido de antígeno para todos os casos de síndrome gripal.

Para consultar o Panorama Covid e outras informações, como número de internações, óbitos e taxa de cobertura vacinal, basta acessar o Painel de Monitoramento da Covid-19: https://painel.saude.rj.gov.br/monitoramento/covid19.html.

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

mareonline

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.