Outubro com alegria e luta na Maré

Famílias com crianças e adultos com necessidades especiais se reúnem na Maré e formam um grupo de apoio mútuo e com muita garra para conquistar direitos e espaços

Thaynara Santos

O mês já está quase chegando ao fim, mas as boas notícias não param de chegar. O Especiais da Maré vai realizar uma festa para as crianças no dia 26 de outubro, sábado, às 10h, na Vila Olímpica da Maré. O Especiais da Maré é um grupo de moradores que atuam em busca dos direitos das pessoas com necessidades especiais. Todos os integrantes moram na Maré. O grupo, formado originalmente no Whatsapp por sete mães, tem como meta tornar mais simples e prático o acesso aos moradores da Maré a serviços como psicologia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, entre outros.

Gente que faz a diferença

O Especiais da Maré começou com um desejo da mãe de Pedro, de nove anos, morador do Parque União, que nasceu com paralisia cerebral. Alusca Cristina sempre teve que correr atrás para garantir as necessidades especiais do filho. Com isso, percebeu quantas outras mães passavam pelas mesmas questões e desafios que ela.

Assim, Alusca e mais seis jovens mães da Maré organizaram e estão à frente de um grupo de mães de crianças e jovens especiais, que se organizam para ajudarem umas às outras. E elas têm um grande objetivo pela frente: garantir que um Centro de Reabilitação passe a funcionar na Maré. Coragem e garra é o que não falta a essas grandes mulheres. 

“Enquanto a gente não consegue o centro de reabilitação, nós ajudamos as 260 famílias [que atualmente integram o Especiais da Maré] com doações que recebemos de alimentos, fraldas, leite, lenços umedecidos e outros. Mas nem todo mês, nós temos para doar, São muitas famílias”, explica uma das gestoras do grupo, Ana Carolina do Nascimento Cardoso, moradora do Parque União.

Acompanhe as atividades do grupo nas redes sociais: https://www.facebook.com/Especiaisdamare/ 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui