Protesto contra a operação mais letal do Rio

Data:

Pela Redação em 07/05/2021 às 9h00

A manhã desta sexta-feira (7) foi de protesto contra a ação da polícia que resultou em 25 mortes no Jacarezinho na última quinta-feira (6). Os manifestantes partiram da estação da Linha 2 de metrô Maria da Graça e caminharam até a Cidade da Polícia, onde ficam as delegacias especializadas da Polícia Civil. Com faixas pedindo o fim do massacre na favela, eles ocuparam duas faixas da Av. Dom Hélder Câmara, por volta das 7h30 da manhã desta sexta (07/5).

Manifestantes contra a chacina que deixou 25 morto no Jacarezinho quinta-feira (6) — Foto: Reprodução/ TV Globo

Na entrada da Cidade da Polícia, manifestantes ascenderam velas, e um pano preto foi erguido em uma das ruas que dão acesso à parte alta da favela.

Foto: Reprodução TV Globo

Há denúncias de moradores de que os “suspeitos” tinham se rendido e mesmo desarmados, foram executados. O Ministério Público recebeu, em sua ouvidoria, denúncias de abusos policiais, que estão sendo investigados.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Sementes de Marielle; confira segunda parte da entrevista com Mãe da vereadora

Nessa segunda parte da entrevista, Marinete fala sobre as sementes deixadas por Marielle, do protagonismo de mulheres negras em espaços de poder e a partir do contexto do assassinato da vereadora, como acreditar em justiça.

‘Não há uma política de reparação’, diz Mãe de Marielle sobre vítimas do estado

Além de criticar o Estado e o Judiciário, que, em diversas instâncias, colaboraram pela impunidade do crime, Marinete aproveitou para reforçar o sonho que a família tem: inaugurar, via Instituto, o Centro de Memória e Ancestralidade