Ronda Coronavírus: sobe para 8 o número de casos e 3 o de óbitos na Maré

Data:

Prefeitura divulga medidas para conter disseminação do vírus. Caixa divulga novo calendário para pagamento de auxílio emergencial

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou no fim da tarde desta sexta-feira, 17 de abril, que registra até o momento, 4.349 casos confirmados e 341 óbitos por coronavírus no estado. Há ainda 150 óbitos em investigação. Na cidade do Rio são 2.946 casos. As favelas da cidade concentram 85 casos, sendo a Rocinha a favela que tem mais pessoas infectadas (43), seguida de Manguinhos (9), e a Maré, que subiu em 3 os casos e 1 óbito na atualização de hoje das secretarias de saúde, no total são 8 pessoas confirmadas e 3 mortes pelo Covid19 na Maré.

Nesta sexta-feira a prefeitura comunicou algumas medidas e possíveis decretos com objetivo de conter a disseminação do vírus:

Suspensão de visitação. A prefeitura do Rio suspendeu a visitação de todos os pacientes internados na rede municipal de saúde enquanto durar a pandemia. A determinação foi publicada no Diário Oficial do município desta sexta-feira e já está em vigor.

Proteção para profissionais de saúde: A prefeitura anunciou que irá reforçar a proteção aos profissionais de saúde da linha de frente de combate ao novo coronavírus com a implantação de 10 centros de testagem de Covid-19 exclusivos a quem trabalha na rede municipal e apresentar sintomas suspeitos de Covid-19, e a entrega de capotes e outros itens para uso nas unidades.

Obrigatoriedade de uso de máscaras nas ruas: A prefeitura também anunciou que vai proibir a população de andar nas ruas sem máscaras, através de decreto municipal, que será sancionado nesta sexta-feira. A medida valerá para todas as pessoas que saírem de casa.

A Caixa Econômica Federal divulgou um novo calendário para pagamento do auxílio emergencial que irá garantir renda mínima para trabalhadores informais e desempregados durante o período da pandemia do novo coronavírus. Os pagamentos começaram nesta sexta-feira, 17 de abril e vão até segunda-feira, dia 20. O novo calendário completo está disponível no site da Caixa.

Nesta sexta o país registrou o maior núemro de mortes em um dia, com um total de 217. Os recordes anteriores de mortes confirmadas no período de um dia tinham sido nos dias 14 e 15 de abril, quando haviam sido registrados 204 óbitos. A taxa de letalidade é de 6,7% no país., e aregião sudeste é a mais impactada pelo novo vírus, com 56,6% dos casos (19.067), segundo o Ministério da Saúde.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Ativista e jornalista da Maré no G20

Do Conjunto de Favelas da Maré à conferência da 19a reunião de cúpula do G20, a trajetória de Kaya Bee, moradora da Nova Holanda é um exemplo inspirador na luta por um futuro mais justo e sustentável. Aos 27 anos, mãe, ativista climática e estudante de jornalismo, ela carrega a força e a resiliência de quem enfrenta os desafios da vida na favela com a determinação de transformar a realidade para os mareenses.