Vacinação em massa na Maré é pauta de seminário na Fiocruz

Data:

“Olhares sobre a Covid em favelas: ciência, participação e saúde pública” é o tema encontro

Por Jéssica Pires em 12/08/22 às 8h. Editado por Daniele Moura.

No dia 18  de agosto de 2022 serão apresentados os resultados e as múltiplas ações realizadas a partir da pesquisa Vacina Maré, em um seminário na Fiocruz. O estudo integra uma campanha inédita de vacinação e é resultado de uma parceria importante da organização referência em saúde pública e pesquisas científicas com a Redes da Maré e a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Além de apresentar resultados, o encontro tem como objetivo planejar os próximos passos da pesquisa e potenciais colaborações.

Fazem parte da programação a apresentação dos resultados gerais e lições aprendidas da pesquisa, pelo coordenador do estudo, Fernando Bozza; as ações de engajamento, mobilização do território e comunicação com lançamento de produtos documentais; além de mesas temáticas sobre o estudo. Demais pesquisadores de diferentes instituições nacionais e internacionais envolvidas no projeto irão apresentar aspectos do estudo e compartilhar impressões.

­­Será apresentado um documentário sobre a campanha Vacina Maré, e trabalhos com temáticas diversas, todos realizados a partir da pesquisa sobre a vacina, como: “Iniquidade e impactos da pandemia de Covid-19”, “Estudos de Coorte da Maré” e “Consequências de longo prazo da Covid-19 no território”. Um segundo dia de encontro contará com uma visita à Maré.

“O objetivo do Seminário Vacina Maré é compartilhar com parceiros, pesquisadores e as equipes que estão trabalhando o projeto, os dados que já temos organizados até agora e criar um espaço de reflexão coletiva sobre a pesquisa”, compartilha Luna Arouca, coordenadora do Eixo Saúde da Redes da Maré, que participou de todo o processo de organização, articulação e mobilização do processo da campanha.

Luna complementa dizendo que espera que este seja um momento de encontro, troca, aprendizado e fortalecimento do diálogo entre a Redes da Maré, a Fiocruz e os parceiros envolvidos. “Nossa expectativa é que a partir de metodologias participativas e colaborativas consigamos ter uma melhor reflexão sobre os dados, mas também desenhar novos projetos e ações em conjunto..”

O Seminário é organizado pela Fiocruz e tem como público-alvo parceiros, a comunidade acadêmica e científica. Não é aberto ao público geral. A Fiocruz vai transmitir ao vivo pelo YouTube.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Residência da Movimentos abre inscrições para jovens da Maré

A Residência Movimentos está com inscrições abertas até dia 29 de julho para jovens que desejam se capacitar e se envolver em ações de impacto social e territorial. A iniciativa oferece uma formação completa e bolsa-auxílio para os selecionados.