Vagas gratuitas para a formação de programadores

Data:

Para participar, é necessário ter entre 18 e 39 anos, renda per capita de até um salário mínimo, ensino médio completo e residir nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Curitiba, Florianópolis ou Porto Alegre. Inscrições vão até esta sexta, 28

Por Dani Moura em 25/05/2021 à 12h

O objetivo do curso é qualificar jovens de favelas e periferias para trabalhar no mundo da computação como programadores. Ao todo, são 360 vagas para moradores das regiões metropolitanas de oito estados. Em função da pandemia, todo o curso, que é de graça, acontecerá de maneira remota, com as aulas e dinâmicas acontecendo via internet. 

A iniciativa é da Recode, organização da sociedade civil que há mais de 20 anos usa a tecnologia para gerar oportunidade. “A programação é uma das áreas mais promissoras da atualidade e tem sido muito demandada pelas empresas. O Recode Pro vem contribuindo significativamente para a prática de contratações com valor social e com as políticas de diversidade e inclusão, sem que, para isso, as contratantes precisem abrir mão de profissionais de qualidade”, ressalta a gerente de Programas da Recode, Anna Paula Colacino. 

Ao longo dos últimos dois anos, o projeto transformou a vida de muitas pessoas, com uma feira de talentos que encaminha os formandos pra o mercado de trabalho. Na edição de 2019, em nove meses, 92% dos alunos formados já estavam trabalhando no setor, recebendo um salário médio de R$4.985. Mesmo diante de uma pandemia, o sucesso também ocorreu na turma de 2020 e, desde o evento de recrutamento, realizado em 6 de abril, 39% já conseguiram uma colocação, com os demais ainda participando de processos seletivos. 

Além do conteúdo técnico sobre programação, a formação também contempla capacidades essenciais para o mercado de trabalho, como comunicação, criatividade, atuação profissional e resolução de problemas. Não é necessário ter conhecimento técnico prévio em tecnologia para participar da formação. 

Inscrições gratuitas 

Para participar, é necessário ter entre 18 e 39 anos, renda per capita de até um salário mínimo, ensino médio completo e residir nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Curitiba, Florianópolis ou Porto Alegre. Basta acessar o site www.recodepro.org.br, ler o regulamento e efetuar a inscrição até o dia 28 de maio.
Em seguida, os participantes deverão realizar duas formações on-line: “Gestão de Projetos e Aplicativos de Impacto” e “ProgramAção”. Um grupo será escolhido para participar de um Hackathon, seguido por uma entrevista final individual. Além do desempenho final, a diversidade será levada em consideração no momento da seleção. 

A previsão é que as aulas aconteçam entre agosto deste ano e fevereiro de 2022. 

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Rio2C encerra encontro com representatividade mareense

Raphael Vicente, Dj Renan Valle, Geisa Lino foram alguns dos mareenses presentes no maior encontro de criatividade da América Latina