Zona Norte terá neste sábado ‘Dia D’ de vacinação antirrábica

Zona Norte terá neste sábado ‘Dia D’ de vacinação antirrábica

 Prefeitura dá prosseguimento a mais uma etapa da campanha de vacinação para erradicação da raiva em cães e gatos

Por Hélio Euclides, em 07/10/2021 às 09h25. Editado por Edu Carvalho

No próximo sábado (09), bairros da Zona Norte terão postos de vacinação para cães e gatos, cumprindo mais uma etapa da campanha de vacinação antirrábica organizada pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS), por meio do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e de Inspeção Agropecuária (Ivisa). Esse será o segundo dia da campanha, que acontece sempre a cada dois sábados, escalonada por bairros divididos em cinco grupos. 

Poderão ser imunizados cães e gatos a partir de três meses de idade e adultos saudáveis, além daqueles que expiraram o ciclo de doze meses da última dose. A vacina antirrábica deve ser administrada anualmente e é a principal forma de prevenção e controle da raiva, que não é notificada em cães e gatos no Município do Rio há 26 anos e, em humanos, há 35 anos. 

No primeiro dia da campanha, em 25 de setembro, foram vacinados 52.470 cães e gatos. A meta da SMS é imunizar 80% desses animais no Município até 27 de novembro, como preconizam a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde, cerca de 670 mil. “A raiva é uma doença sem cura, mas que pode ser prevenida com a vacinação. Temos total confiança no imunizante ofertado, que tem a qualidade e segurança comprovadas. A campanha deste ano já começou com uma ótima adesão dos cariocas e esperamos manter essa tendência para garantir a proteção e saúde dos nossos cães e gatos”, aponta Rodrigo Prado, presidente do Ivisa. 

Essa importância da antirrábica é destacada por Heloisa Gomes, do abrigo Focinho da Maré, na Praia de Ramos, que tem vacinados todos os animais que cuida. “Precisamos vacinar, pois a raiva não tem cura. Só espero que as vacinas aplicadas nos animais sejam de qualidade e que garantam a saúde dos cachorros e gatos, para que não aconteça como em alguns anos passados que morreram bichinhos. Espero que nossos governantes estejam sempre atentos a isso”, comenta. 

Amanda Ventura, moradora da Nova Holanda, é vacinadora e diz que ama o trabalho, só não fica feliz com a organização do processo de campanha. “Ano passado prestamos serviço à sociedade e aos animais no auge da pandemia e até agora não nos pagaram. A explicação que recebemos é que esse foi um problema da antiga gestão. Só que não temos culpa da troca de prefeitos. Isso é uma falta de respeito”, reclama. 

Amanda Ventura, profissional de saúde, durante primeira fase da campanha neste ano. Foto: arquivo pessoal

A profissional também levanta o problema com a alimentação, no qual só recebe um lanche para trabalhar o dia inteiro, com quantidade que não contempla todos os envolvidos na vacinação. “São inúmeras falhas, não se pode esquecer do não recebimento de dinheiro de passagem, para a locomoção para o início dos trabalhos num ponto de encontro, que muitas vezes não é próximo a nossa casa. Ainda tem a falta de banheiros em alguns postos de vacinação e a quantidade de apenas cinco pares de luvas para usar o dia inteiro. Isso tudo é surreal, uma triste realidade”, expõe. 

Os tutores de animais devem procurar os postos mais próximos de suas casas. Haverá mais de 120 postos de vacinação funcionando de 9h às 17h e a lista completa está disponível no link: bit.ly/AntirrabicaRio. Além da campanha anual promovida pelo Ivisa, a vacinação antirrábica está disponível ao longo de todo ano no Centro de Controle de Zoonoses, Largo do Bodegão, nº150 em Santa Cruz, e no Centro de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, Av. Bartolomeu de Gusmão, 1120, na Mangueira, para garantir o cumprimento da recomendação da aplicação de uma dose de vacina a cada doze meses para cães e gatos domésticos.

Mais informações: https://mareonline.com.br/rio-inicia-campanha-de-vacinacao-antirrabica-neste-sabado-25/.

Fique ligado na Campanha de Vacinação Antirrábica na Maré

Centro Municipal de Saúde (CMS) Américo Veloso – Rua Gerson Ferreira, 100, Praia de Ramos.

XXX Região Administrativa – Rua Principal, s/nº, Baixa do Sapateiro.

Associação de Moradores do Parque Maré – Rua Flávia Farnese, 45.

CMS Vila do João – Rua Dezessete, s/nº.

Clínica da Família (CF) Diniz Batista dos Santos – Avenida Brigadeiro Trompovisky, s/nº, Parque União.

CF Adib Jatene – Avenida Bento Ribeiro Dantas, s/nº, Vila dos Pinheiros.

Escola Municipal Teotônio Vilela – Rua Manoel Falcão Alves Maranhão, s/nº, Conjunto Esperança.

Associação de Moradores da Vila dos Pinheiros e Salsa e Merengue – Via A/1, s/nº.

Associação de Moradores do Morro do Timbau – Rua Caetés, 30.

Associação de Moradores da Baixa do Sapateiro – Rua Canaã, 08.

Associação da Nova Holanda – Rua das Palafitas, s/nº (antiga Rua Tancredo Neves).

Associação de Moradores do Rubens Vaz – Rua João Araújo, 50.

Associação de Moradores do Parque União – Rua Ary Leão, 33.

Minicentro de Castração – Avenida Brasil, passarela 9.

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Hélio Euclides

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.