Ação promove atividades saudáveis e de bem estar na Maré

Data:

Evento priorizou a vacinação dos moradores, atividades de alimentação saudável e corporal para adultos e crianças

No último sábado (13), o Eixo Direito à Saúde da Redes da Maré marcou presença na Vila do Pinheiro para o evento “Saúde na Rua”. 

A ação, que teve o apoio da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro e Fundação Tide Setúbal, ofereceu diversas atividades para a população da mareense. 

A programação contou com aulas do Yoga Maré, Oficinas de Grãos Germinados, promoção de alimentação saudável através de uma demonstração e conversa sobre a melhoria do uso de alimentos e oficina de plantas medicinais. Para a criançada, foi ofertada oficina de dança criativa e contação de histórias. 

O evento tem como objetivo estar mais presente na rua, perto dos moradores e promover saúde para além dos equipamentos encontrados na Maré. Luna Arouca, coordenadora do eixo fala sobre o encontro: “A ideia é estar disponível para a população todos os serviços, tanto das unidades de saúde, como a vacinação e saúde bucal, quanto às atividades que a Redes promove como as atividades de alimentação saudável, de saúde mental através do Yoga, de horta e nossos projetos como o Vacina Maré e o Espaço Normal”, comenta.

|Já leu essas?

E para Pedro Amazonas, de 58 anos, o objetivo do evento foi alcançado: “Me vacinei hoje e é muito importante ter um evento assim. Às vezes a pessoa não procura (os equipamentos de saúde), mas tendo atividades e informações, as pessoas podem participar aqui”, conta. 

Outro ponto abordado pelos moradores presentes foi a diversidade de atividades que os levaram a perceber que a saúde é ampla e pode ser praticada em campos distintos. Elsa Cristina da Silveira, 65 anos, conta que as atividades de yoga mudaram sua vida: “Eu tinha um monte de problemas de saúde, de dores e comecei a frequentar o Yoga da Maré e foi uma maravilha! Fiz o curso, me formei em professora, já posso dar aula de Yoga e esse evento mostra que a saúde está presente em tudo. Praticando exercício, na alimentação… e tem tudo isso aqui hoje”, diz.

Essa foi a primeira edição do evento e aconteceu no Ciep Ministro Gustavo Capanema na Vila do Pinheiro, uma das 16 favelas da Maré: 

“É uma forma de se aproximar mais da população para que ela possa conhecer as atividades que a gente realiza”, reforça Luna. 

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

EDI na Maré se destaca por acolhimento na primeira infância

O Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) Profª Kelita Faria de Paula, localizado no Conjunto Bento Ribeiro Dantas se tornou uma referência ao falarmos de “lugar de escuta”