Carnaval em julho? Governo do Rio aprova projeto da Alerj

Data:

Autoria da medida é do deputado Dionísio Lins, do PP

Por Edu Carvalho, em 14/01/2021, às 13h

Para um ano atípico, mudanças que seguem o mesmo fluxo. Devido a pandemia do novo coronavírus, festejos de foro municipal, estadual e até nacional tiveram de ser realocados, invertendo a ordem do calendário padrão. Não poderia ser diferente do Carnaval do Rio, que após votação e aprovação pelo Assembleia Legislativa, a Alerj, decidiu que a festa pagã será em julho de 2021. 

É o “CarnaRio – Carnaval fora de época”, de autoria do deputado estadual Dionísio Lins (PP), e sancionado pelo governador interino Cláudio Castro (PSC). A publicação ocorreu no Diário Oficial do governo do estado, publicado ontem, terça-feira (13).

O objetivo do Governo é estimular o turismo no período de férias escolares e acadêmicas. O CarnaRio vai acontecer está previsto para acontecer na segunda quinzena de julho. Esse projeto, que agora se torna lei, não tem qualquer relação com a mudança do carnaval o Rio, que tem seus desfiles previstos para o período entre os dias 9 e 17 de julho, incluindo o sábado das campeãs.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Festas juninas colorem as ruas da Maré e marcam a vida dos moradores

Festas juninas celebram a cultura do nordeste e a fé popular no território composto por 25% de nordestinos e quase 48% de autodeclarados católicos.

Entenda o Projeto de Lei que equipara aborto em casos de estupro a homicídio 

O Projeto de Lei 1904/2024, chamado de “PL da Gravidez Infantil” ou “PL do Aborto”, equipara o aborto após a 22ª semana de gestação ao crime de homicídio, criminalizando mulheres e profissionais de saúde envolvidos no procedimento.