Curso gratuito de tecnologia e inovação para jovens periféricos

Data:

Estudantes de escolas da rede pública de 14 a 20 anos podem se inscrever para curso gratuito de tecnologia e inovação de 14 a 28 de fevereiro.

Por Daniele Moura em 24/02/2021 às 12h30

Você já ouviu falar do movimento maker? A origem desse movimento surge nos Estados Unidos, do conceito DIY, em inglês, “do it yourself”, “faça você mesmo”. Dele, surgiu um movimento que convida os makers a colocarem a “mão na massa” para criar, construir, consertar, modificar e fabricar produtos para solucionar problemas. Alguns países ao redor do mundo já possuem programas de aprendizagem baseado na metodologia maker, mas no Brasil essa inovação ainda está restrita às escolas da rede privada.

Mas uma iniciativa pretende disseminar essa metodologia entre estudantes de favelas e periferias que estudam nas escolas públicas do Rio como forma de democratizar o acesso à informação. O curso, promovido pela Firjan e Prefeitura do Rio terá 52 horas em um laboratório de fabricação digital, que explorará prototipagem, programação, eletrônica, técnica e linguagens artísticas. Outras 16 horas serão dedicadas ao Desenvolvimento Humano, onde os estudantes irão trabalhar as competências socioemocionais, por meio de dinâmicas de grupo, esquetes teatrais e debates.

As atividades do programa de formação acontecem presencialmente, no FabLab, espaço faz parte da rede mundial criada pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), que fica em Benfica, zona norte do Rio de Janeiro. Nele, os estudantes utilizarão equipamentos e materiais para desenvolver projetos e ideias durante o curso.

A chamada pública prevê o pagamento de auxílio-alimentação e transporte aos participantes. O curso irá oferecer o valor de R$ 15,00 diários por estudante, sendo R$ 10,00 (ida e volta) a título de auxílio-transporte e R$ 5,00 de lanche. A ajuda de custo para os 17 dias de curso tem o valor total de R$ 255,00. O recurso deve ser utilizado para viabilizar a participação das aulas, sobretudo para estudantes em situação de vulnerabilidade social, quem o projeto quer alcançar para democratizar o acesso à cultura.

O curso terá turmas reduzidas, e os participantes serão testados para Covid-19 dois dias antes do início do curso.

Os candidatos devem se inscrever online, seguindo as orientações do edital. Certificado da Firjan SENAI SESI será emitido aos participantes com 75% de aproveitamento.

Confira o edital e inscreva-se!

CRONOGRAMA:

Abertura das inscrições online: 14 de fevereiro de 2022

Encerramento das inscrições online: 23h59m de 28 de fevereiro de 2022

Pré-seleção dos candidatos para entrevista: de 1 a 4 de março de 2022

Resultado dos pré-selecionados para entrevista: 4 de março de 2022

Entrevistas virtuais: das 9h às 18h, entre 7 e 11 de março de 2022

Resultado da seleção final: 14 de março de 2022

Toda comunicação oficial será feita exclusivamente através da página: https://www.facebook.com/sapotiprojetosculturais/

E o canal oficial de comunicação direto para dúvidas é: [email protected]

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Evento leva atividades pós-carnavalescas gratuitas para Fiocruz

Amanhã, das 10 às 16h, atração musical, atividades externas, oficinas, exposições e teatro dão o tom do “Quero + Folia no Museu”, um evento que vai abrir as portas da FioCruz