Edital para apoiar músicos da Maré prorroga inscrições; veja como participar

Data:

2ª edição do projeto fomenta a inclusão produtiva no cenário musical 

Seis músicos ou bandas do Conjunto de Favelas da Maré, no Rio de Janeiro, vão poder ampliar seus conhecimentos e experiências no universo musical por meio do Edital Mostra Maré de Música. Com o objetivo de profissionalizar e incentivar a produção musical no território, a 2ª edição do projeto irá fornecer uma bolsa de incentivo para que os selecionados foquem em sua formação e viabilizem seus projetos. Além disso, a iniciativa promove capacitações com profissionais da área sobre distribuição, estratégia de lançamento, marketing digital e direitos autorais, incluindo mentoria artística individualizada.  

Coletivos, bandas ou músicos solos que residam no conjunto de 16 favelas da Maré e tenham ao menos um representante maior de 18 anos podem participar. As inscrições podem ser feitas até dia 30 de junho, para se candidatar, basta clicar aqui. 

Os músicos que desejarem participar devem preparar uma música demo em áudio e/ou vídeo para que um júri formado pelas instituições parceiras, ao lado de profissionais do cenário musical, faça a avaliação artística da performance do candidato executando uma música de seu repertório. Confira mais informações no edital

Em 2022, quando foi lançada a primeira edição do projeto, oito artistas foram selecionados para impulsionar suas produções musicais, misturando talentos da Maré de diferentes estilos como pagode, pop, funk e rock. 

“A oportunidade que o Mostra Maré de Música 2023 me proporcionou junto a Redes da Maré me coleciona frutos até hoje! Conexões, novos trabalhos e muita experiência. Pude compartilhar um pouco do meu trabalho e o início da minha carreira, onde profissionais de excelência como Geisa, Larinhx, Bia e Carlos Marra, somaram comigo com muito amor e muito carinho. Hoje, tenho o prazer de estar presente na Flup e na Redes, com todos os que fizeram parte desse projeto incrível, além de somar, sempre que possível, para novas oportunidades com minha trajetória até aqui. Sou muito feliz e grata, espero que novos artistas tenham a mesma ou até uma melhor experiencia do que a minha”, conta Evy, uma das artistas selecionadas na primeira edição do edital. 

A ação é fruto de uma parceria entre a Redes da Maré, com a Fundação Roberto Marinho, o Canal Futura, a Altafonte Brasil, o Oi Futuro e Multishow. Tudo isso com o intuito de impulsionar a trajetória profissional de músicos ao consolidar seus trabalhos na cena, elevando suas carreiras a um novo patamar técnico e de qualidade artística, além de facilitar seu relacionamento com a indústria.  

Além da bolsa-auxílio no valor de R$ 6 mil, os jovens selecionados terão acesso aos cursos online da co.liga — escola de economia criativa, que é uma iniciativa da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura no Brasil (OEI) com a Fundação Roberto Marinho, que tem o Grupo CCR como parceiro mantenedor. 

Outras oportunidades serão oferecidas aos selecionados para o edital, como a participação na Mostra Maré de Música, que é um projeto que visa à criação de conexões musicais potentes para oferecê-las ao público com qualidade garantida por uma equipe competente, atenta e apaixonada pela arte.  

Está prevista também a distribuição das músicas pelas plataformas de streaming e a participação no Programa Caça Joia, do Canal Futura, que é conduzido pelo apresentador Chinaina e busca revelar as joias da música independente brasileira. Por fim, haverá a participação na plateia do Prêmio Multishow, a maior premiação musical brasileira, realizada anualmente pelo canal Multishow.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Vale a pena ler de novo: 3 matérias sobre o Vacina Maré

No 'Vale a Pena Ler de Novo' desta semana, o Maré de Notícias resgata três matérias sobre a campanha #VacinaMaré, que teve início no fim de julho de 2021 e foi um marco no combate à covid-19 no território