Espaço do Leitor:  “Tijolinho” por Romário Euzébio

Espaço do Leitor: “Tijolinho” por Romário Euzébio

“Tijolinho” é uma poesia em homenagem a uma área famosa da Maré e as pessoas que ali vivem. “De tijolinho em tijolinho construímos uma cidade e de atitudes em atitudes construímos um legado”. – Romário Euzébio, poeta mareense. 

TIJOLINHO

Leigo nesse Mundo Lego sou tentando construir o meu legado.

Louco Soul!

Um advérbio modificado pelo Verbo;Eterno;Terno.

Visto me com a tradição nordestina.

No “réma” dos ancestrais reconheço “maré”.

No retrato vejo palafitas.

Sobre o legado dos que sonharam ando por avenidas.

Sobre o autor

Romário, 27 anos, é morador da Maré, nascido e criado na Nova Holanda, começou a escrever por influência dos salmos bíblicos. 

No início da pandemia, o poeta, que é mobilizador no Galpão Ritma, foi voluntário na entrega de cestas básicas e colocou em prática os cantos, louvores, e sentiu o impacto da sua escrita através de publicações no Facebook.  

“Em meio a tanta coisa errada, é a oração falada e escrita que conforta meu coração”, relata Romário, que também é guitarrista e se expressa através da canção em sua igreja local.

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Aline Fornel

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.