Espaço do Leitor: “Tijolinho” por Romário Euzébio

Data:

“Tijolinho” é uma poesia em homenagem a uma área famosa da Maré e as pessoas que ali vivem. “De tijolinho em tijolinho construímos uma cidade e de atitudes em atitudes construímos um legado”. – Romário Euzébio, poeta mareense. 

TIJOLINHO

Leigo nesse Mundo Lego sou tentando construir o meu legado.

Louco Soul!

Um advérbio modificado pelo Verbo;Eterno;Terno.

Visto me com a tradição nordestina.

No “réma” dos ancestrais reconheço “maré”.

No retrato vejo palafitas.

Sobre o legado dos que sonharam ando por avenidas.

Sobre o autor

Romário, 27 anos, é morador da Maré, nascido e criado na Nova Holanda, começou a escrever por influência dos salmos bíblicos. 

No início da pandemia, o poeta, que é mobilizador no Galpão Ritma, foi voluntário na entrega de cestas básicas e colocou em prática os cantos, louvores, e sentiu o impacto da sua escrita através de publicações no Facebook.  

“Em meio a tanta coisa errada, é a oração falada e escrita que conforta meu coração”, relata Romário, que também é guitarrista e se expressa através da canção em sua igreja local.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Entenda o Projeto de Lei que equipara aborto em casos de estupro a homicídio 

O Projeto de Lei 1904/2024, chamado de “PL da Gravidez Infantil” ou “PL do Aborto”, equipara o aborto após a 22ª semana de gestação ao crime de homicídio, criminalizando mulheres e profissionais de saúde envolvidos no procedimento.

Operação da Polícia Civil é marcada por intenso tiroteio e correria em três favelas da Maré

O Maré de Notícias recebeu vídeos que mostram mães correndo e procurando se proteger dos disparos abraçadas a seus filhos por causa do horário de saída do período matutino