Estúdio de produção musical incentiva artistas iniciantes

Foto; Gabi Lino

Estúdio de produção musical incentiva artistas iniciantes

O jovem mareense disponibiliza duas vezes por semana o espaço de forma gratuita

Por Samara Oliveira em 07/05/2022 às 12h. Editado por Daniele Moura.

“É como se eu tivesse conseguido passar pela porta e manter ela aberta pra rapaziada do meu bairro”, essa é a fala de Gabriel de Souza que conseguiu realizar seu sonho de abrir um estúdio de produção musical na comunidade Marcílio Dias, conhecida pelos moradores como Kelson.

Há 4 anos envolvido com música, seja produzindo, cantando ou tocando, Gabriel tinha o sonho de aprender, ao menos o básico, para produzir suas próprias criações. Na época, trabalhando como jovem aprendiz, montou seu primeiro estúdio dentro de um guarda roupas com equipamentos usados. Como não tinha condições de arcar com cursos para se aprimorar, o jovem decidiu estudar pelo Youtube. “Com três meses fazendo meus beats mostrei para um amigo de escola que fazia rap e ele me levou no primeiro estúdio que entrei na vida”, relembra o músico de 20 anos.

A visita rendeu seu primeiro trabalho na área, além de uma formação custeada pelos donos do estúdio com grandes nomes da produção musical como Neo Beats e Dj Coala. Sendo o primeiro, produtor de grandes sucessos do Xamã e Poze do Rodo.

Gabriel Souza em seu estúdio na Kelson. Foto: Gabi Lino

Em janeiro deste ano, Gabriel entendeu a necessidade de criar um estúdio onde outros artistas pudessem gravar suas músicas com qualidade profissional por um preço acessível. Assim, nasce a Salty.  “O valor de uma sessão de estúdio era e é muito fora da nossa realidade. Parei pra pensar e vi que não tinha nenhum estúdio aqui na Kelson e o quanto seria difícil se tivessem mais moleques como eu que queriam cantar”, contou. 

A iniciativa de Gabriel também estimula artistas independentes que estejam iniciando sua carreira. A Salty disponibiliza o espaço de forma gratuita duas vezes por semana para qualquer morador que componha ou cante para ter a primeira oportunidade de ouvir suas músicas produzidas.“Há 4 anos tudo isso era um sonho, nunca tive condições. Quando eu olho pra Salty eu fico cheio de orgulho”, afirma Gabriel.

Além do estúdio já em funcionamento na Kelson, a Salty também vai funcionar na Penha em data ainda a ser divulgada pelo produtor musical.

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Samara Oliveira

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.