Exposição ‘Darwin – Origens & Evolução” ganha montagem virtual com proposta de ampliar o acesso à informação científica

Data:

Sucesso de público e crítica em 2019, na temporada no Museu do Meio Ambiente, no Rio de Janeiro, a mostra “Darwin – Origens & Evolução” toma agora o cenário online, com intuito de captar um público ainda maior, aumentando a disseminação de informação científica e arte contemporânea para novos públicos. 

Em cartaz desde fevereiro, a ação convida a todos para uma imersão no mundo de Charles Darwin, naturalista inglês que revolucionou a ciência moderna ao criar a Teoria da Evolução das Espécies. 

A edição virtual da mostra ganha interface amigável, navegação intuitiva, conteúdos diversos e jogos educativos, sendo concebida para oferecer uma jornada de conhecimento, arte e diversão para públicos de todas as idades.

Personagens, fatos históricos, curiosidades e releituras artísticas da famosa teoria dão a tônica dos conteúdos da exposição, que propõe um diálogo entre arte e ciência e conta com cerca de 300 peças, entre obras de arte, imagens, jogos, animações e documentos. 

Também é possível participar de workshops gratuitos para multiplicadores (não necessariamente ser professores), com objetivo de captar qualquer individuo para além das salas de aula. A formação é gratuita e os participantes podem conferir o curso através da plataforma Zoom, nas seguintes datas:

Turma 1: Dia 10/03 (quarta) às 18 horas
Turma 2: Dia 12/03 (sexta) às 10 horas
Turma 3: Dia 15/03 (segunda) às 18 horas

Os interessados podem se inscrever no link: https://www.mostradarwin.com.br/

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Entenda o Projeto de Lei que equipara aborto em casos de estupro a homicídio 

O Projeto de Lei 1904/2024, chamado de “PL da Gravidez Infantil” ou “PL do Aborto”, equipara o aborto após a 22ª semana de gestação ao crime de homicídio, criminalizando mulheres e profissionais de saúde envolvidos no procedimento.

Operação da Polícia Civil é marcada por intenso tiroteio e correria em três favelas da Maré

O Maré de Notícias recebeu vídeos que mostram mães correndo e procurando se proteger dos disparos abraçadas a seus filhos por causa do horário de saída do período matutino