Confira a programação do primeiro dia do Festival Mulheres do Mundo – WOW Rio

Data:

A expectativa das organizadoras é que durante os três dias de evento mais de 100 mil pessoas compareçam e aproveitem a programação

Já tem programação para hoje? Então corre que o tão aguardado Festival Mulheres do Mundo começa nesta sexta-feira dia (27/10)!

O Festival Mulheres do Mundo – WOW é um movimento global lançado pela diretora e produtora britânica Jude Kelly. Realizado pela primeira vez em 2010, o WOW já esteve em 23 países da Europa, Ásia e África, além de várias cidades na Inglaterra e chega novamente ao Rio.

Na abertura da segunda edição do Rio, no auditório do Museu do Amanhã, a fundadora do WOW Jude Kelly esteve presente ao lado da diretora da Redes da Maré Eliana Silva: “A gente tá começando hoje uma programação que vem de um processo longo de pesquisa, a gente tenta fazer jus aquilo que a gente acredita que precisa ser trazido para um festival tão grandioso que tenha centralidade na melhoria na qualidade de vida das mulheres” afirma Eliana.

Veja a programação completa no site do evento

Tem muita coisa rolando! Se liga em algumas coisas que tem hoje para sentir o peso desse evento! Das 14h às 15h30 no auditório do Museu do Amanhã Cecília Oliveira vai mediar a mesa “Violência e Segurança Pública”. No mesmo horário na sala 3.1 do Mar vai ter a roda de conversa “Maternagem”.

Calma que tem mais! Das 16h às 17h30 tem um papo com a Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco – cria da Maré – junto com a Secretária de Políticas e Promoção da Mulher no Município do Rio de Janeiro Joyce Trindade e Jacqueline Moraes falam sobre a importância das “Mulheres em Espaços de Decisão e Poder”.

Você não vai ficar de fora né? Programação não falta! Das 18h às 20h a escritora Conceição Evaristo e a cantora e compositora Anelis Assumpção falam sobre “Escrever o amor e o Afeto”. No final do dia ainda dá pra matar a saudade que a gente tá de uma Noite das Estrelas tem também show com Bia Ferreira e Marina Senna e muito mais!

Mas se você não pode vir não se preocupe! O Maré de Notícias está aqui para acompanhar o festival e você pode ficar por dentro de tudo pelas nossas redes sociais e aqui no nosso site! Além disso, algumas mesas da programação do Festival Mulheres do Mundo que acontece no Auditório do Museu do Amanhã das 14h às 15h30, 16h às 17h30 e das 18h às 20h serão transmitido no youtube do Canal Futura.

Confira a programação que será transmitida online e ficará disponíve, no youtube do Canal:
Dia 27/10/2023 

Violência e Segurança Pública – Das 14h às 15h30 

Assa Traoré (França) – Ativista e Líder do Comitê da Verdade e Justiça para Adama 

Buba Aguiar- Socióloga, Ativista e Militante do Coletivo Fala Akari 

Liliane Santos- Assistente Social e Coordenadora do Projeto Maré de Direitos 

Bruna Da Silva – Movimento Mães da Maré 

Ivanir Mendes – Membro da Rede Comunidade e Movimento Contra a Violência 

Mediação: Cecília Olliveira – Jornalista Especializada em Segurança Pública

Feminismos Locais – das 16h às 17h30 

Fátima Ouassak (França) – Cientista Política e Cofundadora da Frente das Mães 

María Galindo (Bolívia) – Militante Anarcofeminista, Psicóloga e Comunicadora 

Mikki Kendall (EUA) – Escritora, Ativista e Crítica Cultural  

Mediação: Andreza Jorge – Ativista, Professora e Escritora

Escrever o amor e o afeto – das 18h às 20h 

Anelis Assumpção – Cantora, Compositora e Diretora do Museu Itamar Assumpção  

Conceição Evaristo – Escritora e Doutora em Literatura Comparada.  

Mediação: Obirin Odara – Mestra em Políticas Sociais e Diretora do Studio Krya

Dia 28/10/2023 

Mulheres na Política – Das 14h às 15h30 

Benedita da Silva- Deputada Federal 

Dani Balbi- Deputada Estadual – RJ 

Islandia Bezerra – Diretora de Diálogos Sociais 

Marina do MST – Deputada Estadual – RJ 

Mediação: Juliana Marques – Cofundadora do Movimento Mulheres Negras Decidem

Teorias sobre nós – das 16h às 17h30 

Denise Carrascosa – Pesquisadora e Professora da UFBA 

Letícia Carolina Nascimento – Pedagoga e Professora da UFPI 

Anahí Guedes – Antropóloga e Pesquisadora 

Heloísa Starling- Historiadora e Professora da UFMG 

Mediação: Érica Peçanha – Antropóloga e Pesquisadora

Futuro para quem? – das 18h às 20h 

Lucia Xavier – Assistente Social e Coordenadora da ONG Criola 

Manuella Mirella – Presidente da UNE e Ativista da Educação 

Anielle Franco – Ministra da Igualdade Racial 

Mediação: Rayanne Soares – Mobilizadora Territorial e Assessora Parlamentar

Dia 29/10/2023 

Saúde, Território e Gênero: repertórios a partir da pandemia – Das 14h às 15h30 

Débora Silva – Gestora da ONG Sim! Eu Sou Do Meio 

Gláucia Marinho – Coordenadora da ONG Justiça Global 

Rosana Beatriz – Coordenadora da Associação Cultural Lanchonete Lanchonete 

Pamella Liz – Cientista Social e Sanitarista 

Mediação: Pâmela Carvalho – Educadora e Coordenadora da Redes da Maré

Gênero e Justiça Ambiental – das 16h às 17h30 

Cristiane Faustino – Ambientalista e Presidente da ONG Justiça Global 

Eliana Karajá – Presidente da Associação Indígena do Vale Araguaia 

Marina Marçal – Advogada e Pesquisadora em Política Climática 

Selma Dealdina – Assistente Social e Secretária da Conaq 

Mediação: Kamila Camilo – Ativista Ambiental e Empreendedora do Instituto Oyá

Histórias do Amor e do Amar – das 18h às 20h 

Amara Moira – Escritora e Doutora em Literatura pela Unicamp 

Aza Njeri – Professora Doutora em Literaturas Africanas 

Josephine Apraku (Alemanha) – Professore de Estudos Africanos 

Obirin Odara – Mestra Em Políticas Sociais e Diretora do Studio Krya 

Mediação: Camila Marins – Jornalista e Editora da Revista Brejeiras

As jornalistas do Maré de Notícias já estão no evento e você acompanha tudo com a gente. (Foto: Maré de Notícias)
As jornalistas do Maré de Notícias já estão no evento e você acompanha tudo com a gente. (Foto: Maré de Notícias)

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Vale a pena ler de novo: 3 matérias sobre o Vacina Maré

No 'Vale a Pena Ler de Novo' desta semana, o Maré de Notícias resgata três matérias sobre a campanha #VacinaMaré, que teve início no fim de julho de 2021 e foi um marco no combate à covid-19 no território