Governo Federal anuncia renovação de Auxílio Emergencial

Data:

Por Edu Carvalho, em 06/07/2021 às 13h56. Editado por Dani Moura.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, alterou ontem (5/7) um decreto que prorroga, pelo período de mais três meses, o pagamento do Auxílio Emergencial 2021. Segundo o Ministério da Cidadania os valores serão mantidos. A decisão foi publicada no Diário Oficial nesta terça-feira (6/7).

O valor médio do Auxílio é de R$ 250 (exceção às mulheres chefes de família que criam filhos sozinhas e recebem R$ 375). Para cidadãos que moram sozinhos, o valor do benefício é de R$ 150.

Instituído pela Medida Provisória (MP) nº 1039, o auxílio emergencial tinha a previsão inicial de ser pago em quatro parcelas, agora chegará a sete parcelas. “Estamos prorrogando o Auxílio Emergencial por mais três meses, agosto, setembro e outubro, enquanto acertamos o valor de um novo programa social do governo”, projetou o presidente.

A nova rodada do programa social começou a ser paga em 6 de abril deste ano, como medida de resgate aos mais vulneráveis em momento de agravamento da pandemia do coronavírus. O calendário de pagamento das próximas três parcelas extras ainda não está definido. Para aqueles que estão incluídos no Bolsa Família, os repasses continuarão sendo feitos de acordo com o período habitual do programa.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Entenda o Projeto de Lei que equipara aborto em casos de estupro a homicídio 

O Projeto de Lei 1904/2024, chamado de “PL da Gravidez Infantil” ou “PL do Aborto”, equipara o aborto após a 22ª semana de gestação ao crime de homicídio, criminalizando mulheres e profissionais de saúde envolvidos no procedimento.

Operação da Polícia Civil é marcada por intenso tiroteio e correria em três favelas da Maré

O Maré de Notícias recebeu vídeos que mostram mães correndo e procurando se proteger dos disparos abraçadas a seus filhos por causa do horário de saída do período matutino