Inscrições abertas para o Laboratório de Jornalismo “Maré de Notícias”

Inscrições abertas para o Laboratório de Jornalismo “Maré de Notícias”

Os selecionados receberão bolsa auxílio de R$ 1.000,00 por mês. É a primeira turma criada para fortalecer a prática jornalística na Maré. Para se inscrever é necessário ser do conjunto de favelas da Maré.

Pela Redação em 27/04/2022 às 7h

Pela primeira vez, o Maré de Notícias abre inscrições para o mais recente Laboratório de Jornalismo. A formação em pretende fortalecer o processo de qualificação teórica e prática de jornalistas, comunicadores comunitários e/ou estudantes de jornalismo das 16 favelas da Maré. A ideia é que se possa ter jovens sendo formados, acompanhados, avaliados e impulsionados no fazer diário da apuração e técnicas jornalísticas. Serão oferecidas 10 vagas para maiores de 18 anos que tenham completado o Ensino Médio e/ou estejam cursando a Faculdade de Jornalismo Publicidade, Cinema e/ou Comunicação Social. Durante 4 meses os selecionados receberão uma bolsa de R$ 1.000,00, pagas mensalmente a quem tiver pelo menos 75% de frequência nas aulas.

Para se inscrever é necessário ser do conjunto de favelas da Maré. Saiba mais no edital publicado na íntegra a seguir:


EDITAL Laboratório de Jornalismo do Maré de Notícias

A Associação Redes de Desenvolvimento da Maré, inscrita no CNPJ 08934089/0001-75, com sede na Rua Sargento Silva Nunes, 1012 – Nova Holanda Maré – Rio de Janeiro torna público, nos termos deste edital, as normas e os procedimentos necessários para o processo de seleção e classificação de candidatos e candidatas ao curso Jornalismo e Ação Comunitária para os meses de abril a outubro de 2022.

A  formação em Jornalismo é vinculada ao Maré de Notícias e pretende fortalecer o processo de qualificação teórica e prática de jornalistas, comunicadores comunitários e/ou estudantes de jornalismo das 16 favelas da Maré. A ideia é que se possa ter jovens sendo formados, acompanhados, avaliados e impulsionados no fazer diário da apuração e técnicas jornalísticas.

1. DAS VAGAS 

1.1 Será oferecido um total de 10 vagas para maiores de 18 anos que tenham completado o Ensino Médio e/ou estejam cursando a Faculdade de Jornalismo Publicidade, Cinema e/ou Comunicação Social.

2. DAS INSCRIÇÕES
2.1 A inscrição deverá ser realizada no período definido neste edital de 25 de abril a 15 de maio de 2022 através do formulário online: https://forms.gle/vYXdMahVfqnTBHhk6

2.2 Requisitos para Inscrição:

  • Ter mais que 18 anos; 
  • Ser do Conjunto de Favelas da Maré; 
  • Ser produtor(a) de comunicação comunitária ou estudante de Jornalismo/ Comunicação;  
  • Ter interesse em produzir conteúdos jornalísticos sobre a Maré;
  • Ter ensino médio completo ou estar cursando a faculdade de jornalismo publicidade, cinema e/ou comunicação social;
  • Ser criativo, ter boa comunicação oral ou escrita;
  • Ter interesse em temas relacionados a gênero, raça, diversidade, sexualidade e favela;
  • Capacidade de trabalho em equipe interdisciplinar;
  • Capacidade de organização (planejamento, cumprimento de prazo);
  • Autonomia, proatividade e criatividade para propor atividades;
  • Comportamento ético nas relações sociais e de trabalho;

3. DA SELEÇÃO E DA AVALIAÇÃO

3.1 Os candidatos serão selecionados e classificados a partir da avaliação das informações disponibilizadas no formulário de inscrição e aplicação de uma entrevista, que buscará identificar os seguintes aspectos: 

▪ Interesse do candidato no curso;
▪ Disponibilidade de horário para participar de todas as aulas e demais atividades;

▪ Habilidade na comunicação oral e/ou escrita;

▪ Produção textual;

3.2 Sobre as etapas da Seleção:

A seleção será realizada por uma banca definida pelo Maré de Notícias e terá as etapas, a saber:

  1. Formulário de inscrição;
  2. Produção textual;
  3. Entrevista presencial;
  4. Avaliação geral;.

3.3 O período das entrevistas será de 16 a 26 de maio de 2022 de forma presencial. Durante esse processo será aplicada uma redação de até 15 linhas sobre tema proposto durante a entrevista.

4 . Cronograma:

  • Inscrições: 25 de abril a 15 de maio
  • Seleção: 16 a 31 de maio
  • Divulgação do resultado final: 1 de junho
  • Início das atividades (aula inaugural): 6 de junho
  • Formação : 06 junho à 07 de outubro (04 meses) 

5. FORMAÇÃO: 

5.1 Ciclo formativo terá 04 meses com 4 aulas semanais de 1h15 cada, mentoria e realização de conteúdos jornalísticos. O curso terá 96 horas de aulas que acontecem 2 vezes por semana das 18h às 21h. Cada dia serão disponibilizadas 2 aulas de 1h20 cada, e um intervalo de 20 minutos entre elas.  Além das 96 horas de aulas, também será necessária a dedicação do candidato de 4 horas semanais para a produção de conteúdo jornalístico, totalizando 160 horas de carga horária (96 horas de aulas e 64 de atividades jornalísticas – 10 horas semanais sendo que 6 horas de aulas e 4 de produção de conteúdos jornalísticos).


5.2 Os encontros semanais acontecem às terças e quintas de forma presencial e/ou remotas com profissionais com trajetória consolidada no campo do jornalismo e comunicação comunitária. 

5.3 Durante o período do curso haverá:

      +    Mentoria semanal com equipe Maré de Notícias;

  • Produção de  conteúdos jornalísticos sobre as 16 favelas da Maré, apurando, pautando e representando seus territórios no jornal Maré de Notícias, garantindo também a produção textual e apurações  necessárias ao projeto;

6. BOLSA

6.1 A formação dará para cada selecionado uma bolsa de R$1.000,00 por mês durante 4 meses. Para recebê-las é obrigatório obter 75% de frequência nas aulas e conclusão das atividades de cada módulo. (120 horas concluídas das 160 disponibilizadas)

6.2 O pagamento da bolsa acontece até o quinto dia útil do mês posterior as atividades realizadas.



Sobre a Redes da Maré

A Redes da Maré é uma instituição da sociedade civil fundada por pessoas envolvidas com o movimento comunitário no conjunto de favelas da Maré e, também, na cidade do Rio de Janeiro. Buscamos, através de vínculos com instituições da sociedade civil, poder público, universidades, institutos de pesquisa, órgãos e empresas públicas e privadas, impactar na construção de mudanças estruturais através da garantia de direitos da população da Maré. Atualmente, a Redes da Maré desenvolve mais de 30 projetos na área de Educação; Arte e Cultura; Memória e Identidade; Desenvolvimento Territorial; Segurança Pública e Acesso à Justiça.

Sobre o Maré de Notícias

O Maré de Notícias é uma iniciativa da Redes da Maré, instituição da sociedade civil que produz conhecimento, elabora projetos e ações para garantir políticas públicas efetivas que melhorem a vida dos moradores das 16 favelas do complexo há mais de 20 anos. O jornal nasceu em 2009, com tiragem de 50 mil exemplares e se consolidou como a principal oferta de informação dos 140 mil moradores do conjunto das 16 favelas da  Maré. Nosso modelo de distribuição é inédito no Brasil: feito em parceria com o Espaço Normal – projeto da Redes da Maré referência no atendimento à população em situação de rua e usuários de crack e outras drogas – desenvolvendo inserção social e visibilidade a uma população historicamente esquecida pela sociedade. Em 2017 ganhou a versão online com produção de conteúdo diário com as temáticas já abordadas no impresso – aquelas  promovem cidadania e são instrumento de desenvolvimento sustentável da Maré, em áreas como saúde, meio ambiente, mobilidade urbana, direitos humanos, segurança pública, economia e comportamento. O Maré de Notícias dá visibilidade aos acontecimentos da Maré, e também àqueles que impactam a vida dos 140 mil mareenses.

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Daniele Moura

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.