Organizações lançam campanha ‘Tem gente com fome’

Data:

Um ano após a primeira quarentena provocada pela pandemia do novo coronavírus, o país está prestes a registrar 280 mil vidas perdidas. Além das mortes, a pandemia escancarou outras desigualdades que assolam o Brasil, como a fome, miséria e violência. Organizações e lideranças de todas as partes do país reagiram à “tantas caras tristes” diante das incertezas, criando mobilizações por prevenção, distribuição de cestas básicas, apoio emocional e acolhimento diante de tal catástrofe.

Por isso, mais de 200 organizações dos movimentos sociais, religiosas, educativas, e comunitárias se juntam em uma corrente para arrecadar alimentos, produtos de higienização, máscaras e recursos financeiros para enfrentar este período. Através da ação permanente nos territórios onde as organizações têm atuação concreta, atuarão na entrega das cestas básicas, EPI e material de higiene, na organização e acompanhamento das famílias, para locomoção de idosos para vacinação, mobilização para defesa e conscientização sobre o distanciamento social, e mobilização para incidência política local junto aos poderes constituídos, poderes públicos e instituições locais.

O objetivo é alcançar recursos suficientes para alimentar 222.895 mil famílias mapeadas em todas as regiões do Brasil, conforme mapeamento feito através do trabalho realizado por essas organizações e redes.

Serão doações em apoio com alimentos, produtos de cuidados com saúde e higiene, no valor equivalente à 200 reais mensais por família, por um período de três meses, na soma total de R$133.737.000,00.

A Campanha é coordenada pela Coalizão Negra por Direitos, Anistia Internacional, Oxfam Brasil, Redes da Maré, 342 Artes, ABCD – Ação Brasileira de Combate às Desigualdades, Nossas Rede de Ativismo e uma rede, articulação, aliança, coalizão que reúne mais de 200 organizações, entidades, grupos e coletivos, que, desde o início do ano de 2019, coordena ações de defesa da vida da população negra brasileira.

Para mais informações, acesse: temgentecomfome.com.br

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Entenda o Projeto de Lei que equipara aborto em casos de estupro a homicídio 

O Projeto de Lei 1904/2024, chamado de “PL da Gravidez Infantil” ou “PL do Aborto”, equipara o aborto após a 22ª semana de gestação ao crime de homicídio, criminalizando mulheres e profissionais de saúde envolvidos no procedimento.

Operação da Polícia Civil é marcada por intenso tiroteio e correria em três favelas da Maré

O Maré de Notícias recebeu vídeos que mostram mães correndo e procurando se proteger dos disparos abraçadas a seus filhos por causa do horário de saída do período matutino