Palestra online apresenta a Baixada Fluminense como pauta positiva para o Brasil

Palestra online apresenta a Baixada Fluminense como pauta positiva para o Brasil

Por Site da Baixada, em 21/04/2021 ás 19h15

“Nossa tu viu quanta coisa? Passa longe” a apresentadora de TV dizia, sorrindo. Os problemas da Vila Emil (Mesquita) se tornaram motivo de piada num vídeo resgatado dos anos 90 onde o pequeno Alencar, de 11 anos, pedia ajuda para o seu bairro. Mas essa não foi a primeira vez que a Baixada Fluminense foi vista nacionalmente através dos seus problemas: o documentário ‘Lixo Extraordinário’ (2010) tornou internacional a imagem de Jardim Gramacho (Duque de Caxias) e seu aterro sanitário – um dos maiores do mundo.

Nos buscadores de internet, o termo “Baixada Fluminense” costuma trazer resultados negativos: prisões, crimes e pobreza – muita pobreza. Imagens de valões, ações policiais, lixo nas ruas e outras neste sentido tomam conta da internet. No entanto, a realidade do território não é apenas a da escassez, mas também da abundância.

Nas palavras de Bezerra da Silva, a Baixada Fluminense “infelizmente tem fama de barra pesada. Isso tudo é intriga da oposição, é muita mentira e conversa fiada”. A letra de ‘Baixada’, composta por Edson Show e Wilsinho Saravá, argumenta que “o melhor pra morar é na Baixada”. As palavras de 1989 fizeram parte da infância do editor do Site da Baixada, Wesley Brasil, que apresenta a palestra ‘Pautando o Brasil a partir da Baixada Fluminense’:

– Sou nascido e criado na Baixada Fluminense. Durante os 15 anos à frente do Site da Baixada, visitei todas as 13 cidades do território. A minha vivência é na parte metropolitana, tive a sorte de nascer e crescer em Meriti: o meio do caminho entre Nova Iguaçu e Caxias. Isso me ajudou a conhecer muita gente, ouvir histórias e aprender muita coisa que não está nas salas de aula. A palestra chega para dividir um pouco dessa experiência.

A palestra ‘Pautando o Brasil a partir da Baixada Fluminense’ apresenta os causos e principalmente as conclusões de um cronista que já não vê sentido em seguir o fluxo a caminho da capital carioca – e ainda usa sua energia para inverter o processo, trazendo gente “lá da cidade” para conhecer a Baixada.

Tudo isso alinhado com a visão do Site da Baixada, que tem se posicionado de maneira firme a favor de outro olhar para o território. Não se trata de fechar os olhos para os problemas – pelo contrário. Trata-se de oferecer mais informação sobre arte, cultura, locais de interesse turístico e outros atrativos.

A atividade tem o patrocínio do Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc.

SERVIÇO
Palestra ‘Pautando o Brasil a partir da Baixada Fluminense’
23/04, 19h
Disponível no YouTube:
https://youtu.be/FEyueszOFQ0

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Edu Carvalho

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.