Prefeituras do Rio e de Niterói decretam proibição de todos os serviços não essenciais durante feriado definido pelo Estado

Prefeituras do Rio e de Niterói decretam proibição de todos os serviços não essenciais durante feriado definido pelo Estado

Por Edu Carvalho, em 22/03/2021 às 18h20

Em decisão conjunta entre municípios do Rio de Janeiro e Niterói, durante 10 dias, de 26 de março a 4 de abril, só estarão autorizados a funcionar os serviços essenciais. Esse período compreende o decreto estipulado pelo Estado, ainda não publicado em Diário Oficial. 

Na coletiva, Eduardo Paes, prefeito do Rio, apontou falta de coesão metropolitana para adoção das medidas mais restritivas. ‘’Eu acho que os dois prefeitos que estão aqui não tomam as decisões que tomam hoje felizes ou por prazer. Ambos tomam por absoluta necessidade e ouvindo a ciência.” Em seguida, ressaltou a urgência do momento: “A gente fez tudo pra que nós não tivéssemos que tomar essas medidas. Mas as medidas são necessárias’’, disse. 

Já o secretário municipal do Rio Daniel Soranz afirmou: “O comitê reforçou muito que algumas atividades estimulam a circulação do vírus e nós temos uma variante circulado que precisa de atenção.” Soranz também destacou o aumento da ocupação dos leitos de UTIs. “Durante toda pandemia nunca se teve tantas pessoas esperando um leito de UTI como hoje”. 

A situação também é parecida em Niterói, que também vem registrando aumentando de demandas para internações. 

Vejam como fica as atividades:

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Edu Carvalho

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.