Programa Favela Inova dá oportunidade a jovens empreendedores

Data:

A Secretaria Especial da Juventude (JUV-Rio), em parceria com o Polén – Polo de Inovação da Unisuam -, lançou na última sexta-feira, 19, o edital do programa Favela Inova. O objetivo é potencializar o perfil empreendedor de moradores de comunidades e periferias do Rio que tenham uma proposta de negócio, ideia de projeto ou empresa em estruturação. O projeto dará sustentabilidade a médio e longo prazos às ideias inovadoras desenvolvidas nesses territórios. As inscrições vão até o dia 16 de abril e devem ser feitas neste site.  

O público-alvo do programa é formado por jovens de 18 a 29 anos. Podem se candidatar grupos de duas pessoas ou mais que tenham uma ideia que cause impacto na sociedade carioca nas áreas de educação, saúde, alimentação, trabalho, moradia, transporte, lazer, segurança, entre outras.

As inscrições se dividem em duas modalidades: “Germinação”, que visa desenvolver e validar ideias em estágio inicial, com apoio para os primeiros passos da iniciativa empreendedora; e “Incubação”, voltada para projetos mais desenvolvidos.

– O empreendedorismo está cada vez mais forte na juventude e surge como oportunidade de renda e possibilidades para os jovens que não trabalham e nem estudam. É importante orientar e fortalecer as ideias que já circulam nas favelas – explicou o secretário da JUV-Rio, Salvino Oliveira.

Serão escolhidas, de forma online, até 30 propostas e ideias inovadoras para o programa de “Germinação” e “Incubação” do Pólen. Todos os membros das seis equipes finalistas vão receber uma bolsa de estudos integral de graduação na Unisuam. Os três melhores projetos serão definidos por uma banca de avaliadores para cada modalidade do programa e, posteriormente, apresentados a investidores.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Entenda o Projeto de Lei que equipara aborto em casos de estupro a homicídio 

O Projeto de Lei 1904/2024, chamado de “PL da Gravidez Infantil” ou “PL do Aborto”, equipara o aborto após a 22ª semana de gestação ao crime de homicídio, criminalizando mulheres e profissionais de saúde envolvidos no procedimento.

Operação da Polícia Civil é marcada por intenso tiroteio e correria em três favelas da Maré

O Maré de Notícias recebeu vídeos que mostram mães correndo e procurando se proteger dos disparos abraçadas a seus filhos por causa do horário de saída do período matutino