Rene Silva e Flavia Oliveira são homenageados pela deputada Renata Souza

Data:

Renata Souza entrega Medalha Tiradentes a Rene Silva e Prêmio Marielle Franco a Flávia Oliveira. Homenagens aos jornalistas pretos será na sede do Voz das Comunidades nesta segunda-feira (4)

Nesta segunda-feira (4/12), a mareense e deputada estadual Renata Souza (PSOL-RJ) vai entregar a principal honraria do estado, a Medalha Tiradentes, ao jornalista e ativista social Rene Silva, 29 anos, fundador do jornal Voz das Comunidades. Renata também entregará o Prêmio Marielle Franco à jornalista Flávia Oliveira, pela relevância do seu trabalho em defesa dos direitos humanos e no combate às desigualdades e às opressões de gênero e de raça. A cerimônia será realizada às 18h, na sede do Voz das Comunidades, Rua Engenheiro Manoel Segurado, 228, no CPX do Alemão.


“Entregar essa homenagem ao Rene é reconhecer, valorizar e fortalecer uma luta de uma vida inteira por direitos, em especial pelo direito à voz, num contexto de silenciamentos forçados do povo preto e favelado. Rene ergueu a voz de seu povo, contribuiu em um processo crescente de tomada para a favela o protagonismo na narrativa de sua própria história, tirou essa voz coletiva do limbo onde o racismo estrutural a manteve por tempo inaceitável. Ele mostrou na prática a forte conexão o direito à comunicação e a possibilidade de garantia dos demais direitos, inclusive à vida. Da mesma forma, homenagear Flávia Oliveira é reconhecer valorizar e reconhecer a diferença que essa profissional faz no jornalismo brasileiro, no firme posicionamento ético em defesa da vida e direitos da população negra, pobre e favelada, das mulheres, de LGBTQIAPN +”, declarou Renata Souza sobre algumas das muitas razões que a levaram a homenagear Rene e Flávia.


“Quando recebi a notícia, Renata me ligou e me contou que receberia a principal honraria do estado, fiquei muito emocionado. É uma honraria que pouquíssimas pessoas recebem. Convidei pessoas muito especiais para fazerem parte desse momento muito especial, pessoas que fizeram parte da minha vida desde os tempos do jornal na escola. Esse momento vai ficar para a eternidade”, disse o jornalista.


“Uma honra absoluta receber esse prêmio, por tudo que Marielle Franco representa para a luta das mulheres negras, para a luta do povo preto, para a luta do povo favela, para a luta de quem efetivamente assume o protagonismo de defender as minorias, num país forjado pela desigualdade como o Brasil. Tem um orgulho e alegria adicionais por a homenagem vir da deputada Renata Souza, que eu conheço muito antes de ela se tornar a parlamentar ativa e vigorosa que ela se tornou; por a entrega desse prêmio acontecer na sede do Voz da Comunidade, em cerimônia de celebração e reconhecimento da relevância do Rene Silva, um jovem ativista, comunicador popular, jornalista, que eu também conheço e acompanho há mais de década e a quem admiro intensamente pela coragem e pelo compromisso com a própria comunidade; por essa cerimônia acontecer no Alemão, por deslocar o espaço de poder, de reconhecimento do poder público para o Complexo do Alemão, o que corôa todo o significado dessa homenagem, dessa representação. Muito honrada!”, disse Flávia Oliveira, jornalista, comentarista na GloboNews, colunista no jornal O Globo e na rádio CBN.

A entrega das homenagens será transmitida ao vivo pelo canal do Youtube do Voz das Comunidades.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Povo negro resiste frente às estruturas de discriminação racial 

Racismo institucional é alimentado pela falta de reconhecimento do racismo estrutural, pela sub-representação de pessoas negras em cargos de liderança e pelo apagamento da contribuição e identidade negra na história e na cultura

Evento leva atividades pós-carnavalescas gratuitas para Fiocruz

Amanhã, das 10 às 16h, atração musical, atividades externas, oficinas, exposições e teatro dão o tom do “Quero + Folia no Museu”, um evento que vai abrir as portas da FioCruz