Um adeus à Seu Amaro

Um adeus à Seu Amaro

Por Hélio Euclides, em 06/07/2021 às 10h53

Editado por Edu Carvalho

Morreu na tarde de domingo (04/07), após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC), a liderança comunitária e administrador da Vila Olímpica da Maré, Amaro Domingues, mais conhecido como Seu Amaro, aos 88 anos.

Nascido no interior do município de Campos. Em 1962, após uma remoção, veio morar na Nova Holanda, na antiga Rua Cinco, quando parte da favela ainda era formada por mangue. Seu Amaro nos últimos anos fazia tratamento para se curar de um mieloma múltiplo, um tipo de câncer.

Na sua vida teve como marco a fundação da Unimar (União das Associação de Moradores do Bairro da Maré), com outras lideranças. Depois desse passo, foi até Brasília reivindicar a criação da Vila Olímpica da Maré, em 1995. Foi idealizador do equipamento municipal e do Campus Educacional da Maré.

Em 1998, uma das reclamações era que ninguém dava emprego para morador da Maré. Então, por meio da Coopjovem Maré, que presidiu por oito anos, conseguiu uma parceria de serviço de limpeza com o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho. Além disso colaborou para a criação da Associação de Moradores da Nova Maré. Ele chegou a receber a medalha Pedro Ernesto e teve sua vida contada no livro Amaro da Maré, da escritora Regina Zappa. Seu Amaro deixa cinco filhos.

Para familiares, amigos e admiradores do trabalho do Seu Amaro, o velório será hoje (06/07), até 14h30, no ginásio da Vila Olímpica da Maré. Os funcionários do equipamento esportivo lembram que é importante o uso de máscara. O enterro será às 16h15 no Cemitério do Caju.

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Edu Carvalho

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.