Vacinação no Rio: antecipação de calendário e cronograma até outubro marcam a semana

Data:

Adiamento de quinta para sexta-feira da aplicação da D2 da CoronaVac também foi anunciado

Por Andressa Cabral Botelho, em 13/05/2021 às 12h35

A Secretaria Municipal de Saúde fez uma série de anúncios na última quarta-feira (12) referentes à vacinação na cidade do Rio. Além de anunciar a antecipação do calendário de primeira dose (D1) contra a covid-19 e o adiamento da aplicação da D2 de CoronaVac, o último anúncio foi o cronograma de vacinação que prevê que até outubro todas as pessoas com mais de 18 anos já terão recebido a primeira dose do imunizante.

Nesta quinta-feira (13), serão vacinados pela manhã homens de 48 e 47 anos dos grupos prioritários. No turno da tarde será a vez de mulheres de 47 e 46 anos, também dos grupos prioritários. Já na sexta-feira (14), homens de 46 anos dos grupos prioritários serão vacinados e no sábado (15), serão as mulheres de 45 anos.

Até o momento, o município não recebeu as doses da CoronaVac, o que faz com que a segunda dose (D2) desta vacina seja adiada. Nesta quinta-feira, estava prevista a imunização de idosos de 64 e 65 anos, que será adiada para a próxima sexta-feira. A expectativa é que a cidade do Rio receba remessa de cerca de 90 mil doses no dia 14 de maio para dar continuidade na vacinação.

No final do dia 12 de maio, a Prefeitura do Rio anunciou também uma série de calendários de vacinação de junho até outubro para a população de 59 a 18 anos que não faz parte dos grupos prioritários. A vacinação será dividida por gênero, com mulheres sendo vacinadas em um dia e homens em outros. O cumprimento do calendário depende, entretanto, da entrega dos imunizantes pelo Ministério da Saúde.

Além desses, tem também o calendário para grupos prioritários para pessoas de 45 a 18 anos, entre eles pessoas com comorbidades (lista PNI), pessoas com deficiência permanente, trabalhadores da saúde e guardas municipais envolvidos diretamente nas ações de combate à covid-19, ações de vigilância das medidas de distanciamentos social em contato direto e constante com o público. Pessoas com síndrome de down e doença renal crônica em diálise a partir dos 18 anos podem se vacinar em qualquer dia, independentemente da faixa etária.

Gestantes e puérperas com comorbidades a partir de 18 anos também podem se vacinar em qualquer dia, entretanto, precisam apresentar laudo médico detalhado justificando a necessidade de vacinação, além da assinatura do termo de esclarecimento disponível em coronavirus.rio/vacina. Elas devem receber apenas as vacinas Pfizer e CoronaVac, de acordo com a disponibilidade, por orientação do Ministério da Saúde.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Sementes de Marielle; confira segunda parte da entrevista com Mãe da vereadora

Nessa segunda parte da entrevista, Marinete fala sobre as sementes deixadas por Marielle, do protagonismo de mulheres negras em espaços de poder e a partir do contexto do assassinato da vereadora, como acreditar em justiça.

‘Não há uma política de reparação’, diz Mãe de Marielle sobre vítimas do estado

Além de criticar o Estado e o Judiciário, que, em diversas instâncias, colaboraram pela impunidade do crime, Marinete aproveitou para reforçar o sonho que a família tem: inaugurar, via Instituto, o Centro de Memória e Ancestralidade