Nota de apoio à Deputada Renata Souza

Data:

O governador do Estado do Rio de Janeiro defendeu no dia 10/05/2019, durante uma cerimônia na cidade da Polícia, a cassação da deputada estadual Renata Souza (PSOL). Isso porque a deputada enviou uma denúncia à ONU contra o governador e sua política de segurança pública. Na verdade, o governador foi bem além, pois deu seu aval para que deputados de seu partido protocolassem um pedido de cassação à mesa diretora da ALERJ.

         Esse tipo de atitude é inadmissível! O poder legislativo tem como uma de suas maiores atribuições fiscalizar e questionar as ações do poder executivo, ou seja, a parlamentar Renata Souza, tem o direito e o dever de questionar as ações do governador Wilson Witzel. O pedido de cassação é claramente uma vingança do governador e de seu partido. E esse fato constituí um atentado gravíssimo à Câmara dos deputados e à democracia brasileira.

         O certo seria o governador Witzel explicar o porquê do número de mortos pela polícia ter sido o maior nos últimos 15 anos. Só nos primeiros três meses de seu governo, por exemplo, foram mortas 434 pessoas pela polícia. O governador tem responsabilidade direta por esse expressivo aumento de mortes, justamente o que a deputada Renata Souza denunciou ao cumprir com suas atribuições constitucionais.

         Quando embarca em um helicóptero de onde policiais atiram sobre um local de orações em Angra dos Reis ou quando dá declarações apoiando o “abate” de pessoas, o govenador dá seu aval para o aumento da violência policial. Isso se reflete em ações como a que deixou oito mortos e três feridos na Maré, onde moradores relataram a prática de execução sumária.

         Por isso, a REDES da Maré manifesta sua preocupação quanto aos encaminhamentos dados pelo governador à política de segurança pública. Ao mesmo tempo, manifesta seu repúdio a tentativa de intimidar a deputada Renata Souza com a ameaça de cassação de seu mandato parlamentar.

         Renata foi eleita democraticamente pelo voto popular e não pode ser ameaçada ou censurada por cumprir seu papel. Ameaçar o mandato da deputada Renata Souza é ameaçar a democracia. Quando isso acontece perdemos todos nós, inclusive aqueles que votaram em Witzel. Todo apoio à deputada Renata Souza e à Comissão de Direitos Humanos que ela preside!

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Residência da Movimentos abre inscrições para jovens da Maré

A Residência Movimentos está com inscrições abertas até dia 29 de julho para jovens que desejam se capacitar e se envolver em ações de impacto social e territorial. A iniciativa oferece uma formação completa e bolsa-auxílio para os selecionados.