Rede municipal retoma aulas hoje; conteúdo inicial será disponibilizado pela TV

São mais de 1.500 escolas e creches da Secretaria Municipal de Educação que atendem a mais de 600 mil alunos – Foto: Douglas Lopes

Rede municipal retoma aulas hoje; conteúdo inicial será disponibilizado pela TV

Volta presencial deve acontecer no dia 24

Por Edu Carvalho, em 08/02/2021 às 13h 

Nesta segunda, 8, os alunos da rede municipal no Rio voltam às aulas remotamente. 

O ensino presencial será retomado a partir do dia 24, começando pela pré-escola, 1º ano e 2º ano. Já os demais matriculados da Prefeitura do Rio têm retorno previsto para março e abril.

As aulas serão transmitidas pela TV Escola. Na TV aberta, o canal é o 23. Na TV fechada, os números variam de acordo com a operadora: na NET/Claro, o canal é 15; na Claro TV, é o 8 ; na Oi TV, é o 25; na Sky, é o 21; e na Vivo, é o 235. Ao todo, serão dez horas de transmissão, entre 7h30 e 20h30. 

A grade da programação da primeira semana pode ser conferida no site da Secretaria municipal de Educação do Rio. Os conteúdos a serem trabalhados serão: Matemática, Geografia, Língua Portuguesa, História, Ciências, Língua Estrangeira, Música, Artes Visuais e Cênicas.

Dentro de duas semanas, a Prefeitura do Rio prevê lançar o aplicativo Rio Educa, com aulas ao vivo. A intenção é distribuir pacotes de dados de 1 GB por mês para os cerca de 640 mil alunos.

Confira a data de retorno na redes:
Municipal: voltaram nesta segunda, 8 de fevereiro, na cidade do Rio com aulas on-line. Já a opção de aula presencial será facultativa e a partir de 24 de fevereiro. As aulas terão retorno escalonado.

Estadual: as atividades começaram nesta segunda para parte da rede e com uma “avaliação diagnóstica” de todos os alunos. A previsão é que as aulas voltem no dia 1º de março, com opção de estudo híbrido (presencial e remoto).

Particular: as instituições já estavam autorizadas a retomar todas as atividades na semana passada. A decisão foi de cada unidade, respeitando o critério de avaliação da Covid-19 feito pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Edu Carvalho

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *