Ronda Coronavírus: 29/4, quarta feira, com operação policial na Maré

Data:

Operação policial na Maré faz Clínicas da Família serem  fechadas interrompendo atendimento à população em meio a pandemia de coronavírus

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que, na manhã desta quarta-feira (29/4), policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) fizeram uma operação policial no Morro do Timbau e na Baixa do Sapateiro, duas das 16 favelas que compõem a Maré. A secretaria não informou a motivação da operação, e  nem se houve prisões ou apreensões.  Ao longo do dia,  o funcionamento das clínicas da família Augusto Boal e Adib Jatene esteve suspenso por conta de operação policial.

O Brasil passa de 5 mil mortes (5.466) e tem mais de 78 mil casos confirmados de coronavírus, segundo o Ministério da Saúde. Foram 449 mortes a mais que nas últimas 24 horas.  No Rio, o estado registra 794 mortes e há pelo menos 275 óbitos em investigação, e 8.869 casos confirmados, sendo só na capital 5.689, com 496 mortes.  A taxa de ocupação, na cidade do Rio,  de leitos de UTI para Covid-19 na rede SUS, que inclui unidades municipais, estaduais e federais, é de 97%. Já a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria para pacientes com suspeita de Covid-19 é de 93%. 

Na Maré, segundo relatos de moradores são pelo menos 25 casos suspeitos, mas pelo Painel Rio Covid-19 da Prefeitura do Rio são 13 casos confirmados e 4 mortes. Diversos estudos já mostram que a subnotificação já é uma realidade, em especial nas favelas que tem poucas testagens e sistema de saúde precário. A estimativa é que tenha 140 mil casos de coronavírus no estado do Rio.

A assistente social Denise Rocha, moradora da Baixa do Sapateiro, uma das 16 favelas da Maré morreu hoje. A suspeita é que ela tenha se contaminado de Covid-19 onde trabalhava. Denise era diretora do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS Nelson Mandela, em Bonsucesso, mas que atendia aos moradores da Maré.  O local teve aglomerações para supostas entregas de cestas básicas há poucos dias.  Nas favelas cariocas são 171 casos confirmados e 24 mortes, segundo o portal Covid-19 nas Favelas.

A Secretaria Municipal de Saúde realiza até amanhã  dia 30 de abril, vacinação contra a gripe dirigida a caminhoneiros no Posto Detran do Ceasa, em Irajá. Portadores de doenças crônicas também poderão se vacinar no posto, que vai operar em sistema de drive thru. A vacinação no Ceasa acontece das 9h às 14h e serão oferecidas mil doses por dia. O endereço do Ceasa é Av. Brasil, nº 19001, em Irajá.  Desde o início da Campanha de Vacinação contra a Gripe, em 23/03, mais de 1,2 milhão de pessoas já foram vacinadas. A campanha acontece até o dia 22 de maio.Aplicativo de estudos  da Secretaria Municipal de Educação ultrapassa 3 milhões de acessos. Os alunos da redes municipal de ensino podem baixar via celular e computador pelo link http://app.vc/smecarioca2020.  Há também  material de apoio pedagógico de  Escolaridade da Educação Básica no Portal da MultiRio (www.multirio.rj.gov.br). e também material voltado para diferentes faixas etárias no link  (www.multirio.rj.gov.br/assista), onde estão disponíveis conteúdos audiovisuais, jogos, publicações, reportagens e notícias.


Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Ativista e jornalista da Maré no G20

Do Conjunto de Favelas da Maré à conferência da 19a reunião de cúpula do G20, a trajetória de Kaya Bee, moradora da Nova Holanda é um exemplo inspirador na luta por um futuro mais justo e sustentável. Aos 27 anos, mãe, ativista climática e estudante de jornalismo, ela carrega a força e a resiliência de quem enfrenta os desafios da vida na favela com a determinação de transformar a realidade para os mareenses.