Ronda Coronavírus: confirmada a primeira morte de COVID-19 em uma das favelas da Maré

Ronda Coronavírus: confirmada a primeira morte de COVID-19 em uma das favelas da Maré

Prefeito decreta estado de calamidade pública no Rio. Calendário de pagamento do auxílio emergencial é divulgado.

São dois os casos confirmados, sendo um com morte, pela COVID-19 na Maré, segundo o último boletim do painel Painel Rio Covid-19. Segundo relatos de moradores, o óbito seria de um homem morador da Vila dos Pinheiros.  Ontem a COMLURB fez uma limpeza de uma rua esta favela que compõe um das 16 do conjunto da Maré. Até o momento do fechamento desta ronda (11h33 do dia 9/04/20) a Secretaria Municipal de Saúde não forneceu ao Maré de Notícias detalhes sobre a morte do morador da Maré. Há outras cinco mortes confirmadas em favelas da cidade do Rio. Já no Estado do Rio, chegam a 1.938 casos testados positivos, 106 óbitos confirmados e mais 78 sob investigação. Na cidade do Rio são 1.449 casos.  

O prefeito Marcelo Crivella decretou estado de calamidade pública na tarde desta quarta-feira. A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) ainda precisa liberar o decreto que permite que a prefeitura ultrapasse os limites das contas públicas previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal. O governo do estado já havia decretado a calamidade pública no dia 20 de março, e o governo federal fez o mesmo no dia 2 de abril.

O governo federal liberou o calendário de pagamento do auxílio emergencial. A partir de hoje receberão as pessoas que estão no Cadastro Único – sem ser beneficiário do Bolsa Família – e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal. Na próxima terça-feira, dia 14, pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e não têm conta nesses bancos. Confira o calendário completo na matéria do Maré Online sobre o auxílio emergencial. https://mareonline.com.br/coronavirus/tire-suas-duvidas-sobre-o-auxilio-emergencial-de-r600/
 A Caixa também disponibilizou o telefone 111 para tirar dúvidas dos trabalhadores sobre o auxílio emergencial. 

Dica para mães e pais na quarentena: um incentivador de conversas e interações entre pais, mães e familiares de cuidadores e crianças até os seis anos de idade. Toda semana ele manda dicas e informações via Whatsapp sobre cuidados, conversas e brincadeiras que podem ser feitas no dia a dia da criança. Para ter acesso ao conteúdo, acesse o site http://www.nenedozap.com.br/ ou envie uma mensagem para o WhatsApp: (11) 99743-8964.

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

mareonline

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.