Ronda Coronavírus: Favelas cariocas já somam 315 casos e 100 mortes

Data:

Maré é a segunda favela com maior número de casos confirmados

A cidade do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (11) chegou a 10.619 casos confirmados e 1.172 mortes por coronavírus., segundo o Painel Rio COVID-19. Em todas as favelas do Rio, os casos confirmados chegaram a 315 e 100 mortes. De acordo com o portal Covid nas Favelas, do Voz das Comunidades, a Rocinha é a que apresenta os maiores números, com 92 casos confirmados e 36 mortes, e é seguida pela Maré, com 39 casos confirmados e 9 mortes. O boletim De Olho no Corona, da Redes da Maré, já contabilizou até o dia 3 de maio pelo menos 140 casos e 16 mortes. 

O coletivo Voz da Comunidade também lançou hoje um aplicativo para o celular, tanto para IOS quanto pra Android. A ideia é disseminar as informações da pandemia nas favelas pra o maior número de pessoas, e assim pressionar o poder público para garantia de políticas públicas efetivas para as populações de favela.

Na favela da Nova Holanda, uma das 16 da Maré, frascos de álcool gel foram distribuídos pela campanha Maré Diz Não ao Coronavírus, da Redes da Maré. A entrega foi feita em parceria com a associação de moradores da Nova Holanda.

O  Hospital de Campanha do Maracanã, na Zona Norte do Rio, começou a receber na noite deste sábado (09) os primeiros pacientes do SUS infectados pela Covid-19. A unidade, inicialmente, funcionará com capacidade para 170 leitos, 50 deles de UTI. Os outros 230 serão entregues à população ao longo da próxima semana. Ao todo, dos 400 leitos, 160 serão de UTI. 

A Caixa Econômica Federal está aguardando o governo federal divulgar novo calendário para detalhar pagamento da segunda parcela do Auxílio Emergencial. Nesta segunda-feira deveria chegar um novo lote da Dataprev e do Ministério da Cidadania com as respostas dos pedidos de auxílio que estão ainda em análise.

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Educação, atualizou nesta segunda-feira (11) as atividades do aplicativo SME Carioca 2020 para os alunos da Rede Municipal estudarem durante o período de suspensão das aulas. Agora, os estudantes têm uma série de atividades de todas as disciplinas programadas até o dia 15 de maio. O aplicativo oferece conteúdo pedagógico para todos os segmentos, da Educação Infantil ao Programa de Jovens e Adultos. De fácil manuseio, pode ser baixado via celular e computador pelo endereço eletrônico e no site da MultiRio, produtora de conteúdos educativos.

Estão abertas as inscrições para artistas, comunicadores sociais ou produtores culturais moradores da Maré para chamada pública de bolsas de até dez mil reais. Serão escolhidas 31 propostas que tratem de temáticas relacionadas ao coronavírus, confinamento, saúde e prevenção. As inscrições vão até o dia 23 de maio. Mais informações no edital. E o Maré de Notícias continua com a campanha de arrecadação para a capacitação e renda para jovens comunicadores da Maré que tenham interesse em escrever sobre Covid-19. A cada real doado, a Fundação Tide Setubal doará mais R$2 para possibilitar a geração de renda para o comunicador popular. Para fazer a sua doação, é só clicar aqui. Ajude a comunicação de favelas e periferia!

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Festas juninas colorem as ruas da Maré e marcam a vida dos moradores

Festas juninas celebram a cultura do nordeste e a fé popular no território composto por 25% de nordestinos e quase 48% de autodeclarados católicos.